Vitória

Após quatro dias de greve, metalúrgicos conquistam reajuste salarial e cancelamento de demissões

Motivada pela proposta rebaixada apresentada pela empresa, a paralisação teve início na segunda-feira

| Atualizado em

Trabalhadores da Cambará em assembleia
Trabalhadores da Cambará em assembleia - Foto: Roosevelt Cassio/Sindmetalsjc

Trabalhadores da Cambará, em Caçapava, retornaram ao trabalho nesta sexta-feira (27) depois de quatro dias de paralisação. Eles encerraram a greve na quinta-feira (26), após conquistarem o reajuste salarial de 2,94%, com o recebimento dos retroativos a partir de setembro, e a reversão da demissão de três trabalhadores.

Motivada pela proposta rebaixada de Campanha Salarial apresentada pela empresa, a greve teve início na segunda-feira (23).  A oferta da Cambará era reajustar os salários em 2,94%, sem o pagamento da diferença dos meses retroativos (setembro, outubro e novembro). Os metalúrgicos exigiam o pagamento dessa diferença. 

Os trabalhadores também reivindicavam o cancelamento das demissões de três companheiros ocorridas em retaliação a uma paralisação na produção. 

Em resposta à atitude da empresa, os metalúrgicos decidiram que só retornariam ao trabalho depois que as demissões fossem canceladas.
 
Outras reivindicações
Além do reajuste salarial e o cancelamento das demissões, os trabalhadores apresentaram algumas reivindicações específicas, como melhorias na refeição, retirada das câmeras instaladas na área da produção e a implementação de Cipa. 

O Sindicato segue em negociação com a Cambará a respeito dessas pautas. Reuniões quinzenais irão acontecer para debaterem o assunto. A primeira está agendada para o dia 10 de dezembro.

“A unidade dos trabalhadores e a confiança deles no Sindicato foram fundamentais para pressionar a empresa a atender as reivindicações e conseguirmos o resultado vitorioso que tivemos”, afirma o diretor do Sindicato José Dantas Sobrinho.


OMS dá recado duro a Bolsonaro sobre pandemia: “Brasil precisa levar isso a sério”
Crise do coronavírusus

OMS dá recado duro a Bolsonaro sobre pandemia: “Brasil precisa levar isso a sério”

Diretor da organização disse que, se não houver medidas de isolamento, país não conseguirá diminuir casos

Com Estado de SP na fase vermelha, Sindicato volta a fechar sede e subsedes
Coronavírus

Com Estado de SP na fase vermelha, Sindicato volta a fechar sede e subsedes

Medida visa preservar a saúde de metalúrgicos e funcionários da entidade

Metalúrgicos da General Motors aprovam layoff com estabilidade no emprego
Em assembleia

Metalúrgicos da General Motors aprovam layoff com estabilidade no emprego

Medida atingirá 600 trabalhadores de todo o complexo da GM na cidade

Em assembleia, metalúrgicos da Ericsson elegem delegado sindical
Organização de base

Em assembleia, metalúrgicos da Ericsson elegem delegado sindical

Para suplente foi escolhido o metalúrgico Jairo Venâncio

Metalúrgicos da MS Ambrógio aprovam acordo de PLR
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da MS Ambrógio aprovam acordo de PLR

O acordo foi aprovado nesta quinta-feira (4) em votação por cédula

Pela vida, é hora de parar tudo e exigir vacina, já!
Coronavírus

Pela vida, é hora de parar tudo e exigir vacina, já!

Diante do agravamento da crise do coronavírus no país, é hora de pararmos tudo e exigirmos vacina para todos, já! Por...

Metalúrgicos da Ericsson conquistam PLR 10% maior
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da Ericsson conquistam PLR 10% maior

Trabalhadores cão receber R$ 7.700 em uma única parcela

Por falta de peças, GM anuncia layoff em São José dos Campos
Empregos

Por falta de peças, GM anuncia layoff em São José dos Campos

Sindicato apresentará proposta aos trabalhadores nesta terça-feira (2)

Jurídico do Sindicato garante reintegração de trabalhador da Parker Hannifin
Ação judicial

Jurídico do Sindicato garante reintegração de trabalhador da Parker Hannifin

Sandro Yoshio Ueno foi demitido irregularmente, em dezembro de 2019

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333