Decisão dos trabalhadores

Proposta de PLR da Prolind e Movent é rejeitada pela segunda vez

Empresas também querem empurrar zero de aumento real na Campanha Salarial


Trabalhador vota em proposta
Trabalhador vota em proposta - Foto: Roosevelt Cássio

Pela segunda vez nesta Campanha de PLR, os metalúrgicos da Prolind e Movent rejeitaram a proposta apresentada pelas empresas. A rejeição aconteceu em assembleia, nesta quarta-feira (1º), com exigência de continuidade das negociações.

A Prolind e Movent propuseram R$ 2.500 de PLR, divididos em duas parcelas (julho e fevereiro). Esse valor está bem abaixo dos R$ 4.200 pagos no ano passado e reivindicado pelos trabalhadores.

As empresas ainda querem empurrar um reajuste baseado apenas na reposição da inflação para a Campanha Salarial 2020.  O Sindicato já avisou que só aceita negociar a data-base agora se houver aumento real e estabilidade no emprego.

Para os funcionários do setor administrativo, a Prolind e Movent querem adotar o banco de horas. O Sindicato é contra esse sistema em todos os setores das fábricas.

Todo o pacote foi rejeitado pelos trabalhadores, que estão em estado de greve desde o dia 25. As empresas têm até quinta-feira (2) para marcar uma nova rodada de negociação com o Sindicato.

“Os companheiros da Prolind e Movent estão indo pra cima dos patrões e mostraram que não aceitarão propostas rebaixadas. A mobilização está muito forte e serve de exemplo para a categoria”, afirma o diretor do Sindicato Cristiano Souza Silva.

 

 


Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR
Assembleia

Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR

Trabalhadores também aprovaram abertura de PDV

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral
Na sede

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral

Evento dá início ao processo de eleição da diretoria do Sindicato

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões
Paralisação

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões

Mobilização começou na sexta-feira. A produção ficou parada por cerca de 30 minutos naquele dia

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos

Votação da Parker Filtros ocorreu de forma virtual. Já na Parker Hannifin, a assembleia foi presencial.

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30
Sindicato

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30

A reunião será às 17h30, na sede da entidade

Homem negro é espancado até a morte em supermercado
Racismo

Homem negro é espancado até a morte em supermercado

Crime aconteceu na véspera do Dia da Consciência Negra

Desigualdade entre brancos e negros é realidade cruel no Brasil
Dia da Consciência Negra

Desigualdade entre brancos e negros é realidade cruel no Brasil

Após 133 anos do fim da escravidão, o racismo ainda impõe condições de vida muito piores à população negra.

Metalúrgicos exigem melhores condições de trabalho na Cal Leve
Segurança no trabalho

Metalúrgicos exigem melhores condições de trabalho na Cal Leve

A principal queixa é em relação à falta de segurança

Documentário mostra drama de trabalhadores por trás de demissão em massa na Embraer
Estreia dia 19

Documentário mostra drama de trabalhadores por trás de demissão em massa na Embraer

São relatados casos de assédio, desrespeito a direitos trabalhistas e demissão de lesionados

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333