Em defesa dos direitos

Dia Nacional de Paralisação terá ato na Praça Afonso Pena nesta sexta-feira

Nesta sexta-feira (10), vamos participar do Dia Nacional de Paralisação e Manifestações,


Atualizado dia 8/8, às 14h28

O Dia Nacional de Paralisação e Manifestações, nesta sexta-feira (10), terá um ato, às 10h, na Praça Afonso Pena, em São José dos Campos. Neste ‘Dia do Basta’ é importante a participação de todos os trabalhadores na defesa de seus direitos.

As manifestações acontecerão em todo o país e estão sendo convocadas pelas centrais sindicais. Será um dia em defesa do emprego, do salário, dos direitos trabalhistas e da aposentadoria. Chega de tanto abuso e exploração!

Trabalhadores das mais diversas categorias irão participar, como os metalúrgicos, metroviários, servidores, papeleiros e rodoviários. Em nossa região, os metalúrgicos estão, desde já, convocados para participarem das assembleias que serão realizadas pelo Sindicato.

Vamos protestar e dizer um sonoro “basta” aos ataques contra nossos direitos.

“Este é o momento de dizer que não estamos satisfeitos e que não ficaremos calados diante dos ataques orquestrados pelo governo Temer e patrões. Sexta-feira será o dia de dar um basta em todos esses assaltos contra nossos direitos”, afirma o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.

Reforma trabalhista acaba com direitos
Desde que entrou em vigor, em novembro de 2017, a reforma trabalhista só piorou a vida dos trabalhadores. As promessas feitas pelo governo Temer, como a redução do desemprego, se revelaram uma grande armadilha. O resultado foi o estímulo ao trabalho informal (sem garantia de direitos), demissão de trabalhadores com carteira assinada, aumento da terceirização, piores condições de trabalho e mais poder para os patrões. Por isso, exigimos a revogação imediata da reforma trabalhista.

Por aumento real e renovação de direitos
A luta por aumento real e renovação de direitos, pauta da Campanha Salarial dos metalúrgicos, também estará no centro das mobilizações do dia 10. O Sindicato vai organizar assembleias para que a categoria reafirme a pauta da campanha junto com as exigências do Dia Nacional de Paralisação. A pauta de reivindicações da Campanha Salarial já foi entregue aos patrões semana passada e em breve começam as negociações.

A primeira rodada já foi marcada, para o dia 9, com o setor de autopeças, um dos mais intransigentes entre os grupos patronais. Este ano, será fundamental exigir dos patrões a assinatura dos acordos e convenções coletivas. Sem isso, ficaremos apenas com os direitos previstos na CLT - o que representará a perda de direitos históricos, como a estabilidade dos lesionados. Portanto, no dia 10, participe das assembleias e lute por nenhum direito a menos!

Desemprego atinge 28 milhões de brasileiros
O Brasil tem hoje 28 milhões de desempregados. São pessoas que saem de casa todos os dias em busca de trabalho ou que já perderam a esperança e desistiram de procurar emprego diante de tantos “nãos”. Por isso, é preciso protestar!

Com Reforma da Previdência só temos a perder
A reforma da Previdência está parada, mas não está morta. O Palácio do Planalto e o Congresso Nacional podem ressuscitá-la e retomar a discussão a qualquer momento. O aumento abusivo do período de contribuição, na prática, representará o fim do direito à aposentadoria. Temos de exigir que a proposta do governo Temer seja definitivamente arquivada.

Preço dos combustíveis e gás nas altura
Está difícil aguentar os preços dos combustíveis e do gás de cozinha. A Petrobras continua com sua política de reajustes e prejudica diretamente os trabalhadores, que têm de fazer cortes severos no orçamento doméstico. O gás de cozinha chega a ser vendido por R$ 80. É preciso mudar essa política!

Serviços públicos estão um caos
Enquanto a corrupção continua correndo solta, o governo corta investimentos nos hospitais, postinhos de saúde, escolas, creches, universidades e moradias. É o tal “teto dos gastos”, que congelou por 20 anos os investimentos públicos.












 

 


OMS dá recado duro a Bolsonaro sobre pandemia: “Brasil precisa levar isso a sério”
Crise do coronavírusus

OMS dá recado duro a Bolsonaro sobre pandemia: “Brasil precisa levar isso a sério”

Diretor da organização disse que, se não houver medidas de isolamento, país não conseguirá diminuir casos

Com Estado de SP na fase vermelha, Sindicato volta a fechar sede e subsedes
Coronavírus

Com Estado de SP na fase vermelha, Sindicato volta a fechar sede e subsedes

Medida visa preservar a saúde de metalúrgicos e funcionários da entidade

Metalúrgicos da General Motors aprovam layoff com estabilidade no emprego
Em assembleia

Metalúrgicos da General Motors aprovam layoff com estabilidade no emprego

Medida atingirá 600 trabalhadores de todo o complexo da GM na cidade

Em assembleia, metalúrgicos da Ericsson elegem delegado sindical
Organização de base

Em assembleia, metalúrgicos da Ericsson elegem delegado sindical

Para suplente foi escolhido o metalúrgico Jairo Venâncio

Metalúrgicos da MS Ambrógio aprovam acordo de PLR
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da MS Ambrógio aprovam acordo de PLR

O acordo foi aprovado nesta quinta-feira (4) em votação por cédula

Pela vida, é hora de parar tudo e exigir vacina, já!
Coronavírus

Pela vida, é hora de parar tudo e exigir vacina, já!

Diante do agravamento da crise do coronavírus no país, é hora de pararmos tudo e exigirmos vacina para todos, já! Por...

Metalúrgicos da Ericsson conquistam PLR 10% maior
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da Ericsson conquistam PLR 10% maior

Trabalhadores cão receber R$ 7.700 em uma única parcela

Por falta de peças, GM anuncia layoff em São José dos Campos
Empregos

Por falta de peças, GM anuncia layoff em São José dos Campos

Sindicato apresentará proposta aos trabalhadores nesta terça-feira (2)

Jurídico do Sindicato garante reintegração de trabalhador da Parker Hannifin
Ação judicial

Jurídico do Sindicato garante reintegração de trabalhador da Parker Hannifin

Sandro Yoshio Ueno foi demitido irregularmente, em dezembro de 2019

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333