Acima da inflação

Sindicatos pedem suspensão do pedido de reajuste da tarifa de ônibus para perícia

Requerimento baseia-se em ação civil movida pela Defensoria Pública do estado


Movimentos sociais e sindicatos da região protocolam na Câmara Municipal de Jacareí, nesta quarta-feira (21), às 15h, um requerimento de suspensão do pedido de aumento da tarifa do transporte público da cidade. As entidades pedem que seja realizada perícia técnica no cálculo feito pela concessionária JTU. A Prefeitura ainda não deu a palavra final sobre o reajuste.

A JTU quer um aumento de 25,12%. Se for concedido, a passagem subirá de R$ 4,10 para R$ 5,13. O valor está acima da inflação de 1,8%, pelo IPCA, referente ao período em que foi aplicado o último reajuste (há oito meses).

Em um dos trechos, o documento que será protocolado, nesta quarta-feira, justifica: “Sabemos que a Prefeitura não tem profissionais especializados em cálculo de tarifa de ônibus e nem equipe suficiente para realizar as diligências fundamentais para checagens dos documentos, informações e valores dos custeios que fundamentam os pedidos de aumentos; confiando, assim, apenas nas informações fornecidas pela própria empresa concessionária interessada, como por exemplo, no número de passageiros que passam na catraca.”

Os sindicatos também pedem a realização de uma Audiência Pública para discutir a cálculo do reajuste apresentado pela JTU.

Dentre os sindicatos que assinam o pedido estão o dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, Alimentação de São José dos Campos e Região, dos Servidores Municipais de Jacareí, dos Papeleiros e dos Trabalhadores em Serviço de Água e Esgoto, além de associações de bairro.

Ação Civil
O pedido dos sindicatos à Câmara fundamenta-se em uma ação civil movida pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo. O processo pede a suspensão do reajuste aplicado em 2017 para realização de estudos que comprovem o custo real dos serviços. A ação chegou a ser indeferida, mas a defensoria já entrou com recurso.


OMS dá recado duro a Bolsonaro sobre pandemia: “Brasil precisa levar isso a sério”
Crise do coronavírusus

OMS dá recado duro a Bolsonaro sobre pandemia: “Brasil precisa levar isso a sério”

Diretor da organização disse que, se não houver medidas de isolamento, país não conseguirá diminuir casos

Com Estado de SP na fase vermelha, Sindicato volta a fechar sede e subsedes
Coronavírus

Com Estado de SP na fase vermelha, Sindicato volta a fechar sede e subsedes

Medida visa preservar a saúde de metalúrgicos e funcionários da entidade

Metalúrgicos da General Motors aprovam layoff com estabilidade no emprego
Em assembleia

Metalúrgicos da General Motors aprovam layoff com estabilidade no emprego

Medida atingirá 600 trabalhadores de todo o complexo da GM na cidade

Em assembleia, metalúrgicos da Ericsson elegem delegado sindical
Organização de base

Em assembleia, metalúrgicos da Ericsson elegem delegado sindical

Para suplente foi escolhido o metalúrgico Jairo Venâncio

Metalúrgicos da MS Ambrógio aprovam acordo de PLR
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da MS Ambrógio aprovam acordo de PLR

O acordo foi aprovado nesta quinta-feira (4) em votação por cédula

Pela vida, é hora de parar tudo e exigir vacina, já!
Coronavírus

Pela vida, é hora de parar tudo e exigir vacina, já!

Diante do agravamento da crise do coronavírus no país, é hora de pararmos tudo e exigirmos vacina para todos, já! Por...

Metalúrgicos da Ericsson conquistam PLR 10% maior
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da Ericsson conquistam PLR 10% maior

Trabalhadores cão receber R$ 7.700 em uma única parcela

Por falta de peças, GM anuncia layoff em São José dos Campos
Empregos

Por falta de peças, GM anuncia layoff em São José dos Campos

Sindicato apresentará proposta aos trabalhadores nesta terça-feira (2)

Jurídico do Sindicato garante reintegração de trabalhador da Parker Hannifin
Ação judicial

Jurídico do Sindicato garante reintegração de trabalhador da Parker Hannifin

Sandro Yoshio Ueno foi demitido irregularmente, em dezembro de 2019

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333