Estreia dia 19

Documentário mostra drama de trabalhadores por trás de demissão em massa na Embraer

São relatados casos de assédio, desrespeito a direitos trabalhistas e demissão de lesionados

| Atualizado em

Matriz da Embraer
Matriz da Embraer - Foto: Roosevelt Cássio

Um documentário produzido pelo Departamento de Comunicação do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos vai trazer à tona o drama de pessoas que perderam o emprego na demissão em massa anunciada em setembro pela Embraer. O vídeo “Embraer, fábrica de injustiças” será lançado nas redes sociais, nesta quinta-feira (19), às 18h.

As histórias são contadas pelos próprios trabalhadores. Entre os depoimentos estão sonhos de fabricar aviões que se transformaram em dor e decepção. 

Em pouco mais de 20 minutos de produção, são expostos casos de assédio moral, desrespeito aos direitos trabalhistas e o descarte de funcionários que ficaram com a saúde comprometida em razão das péssimas condições de trabalho de uma das maiores fabricantes de aviões do mundo. 

“Eu tenho dez parafusos nas costas. Eu dei meu sangue lá dentro. Quando entrei (na Embraer), eu não tinha nada”, relata Wellington Matias, um dos depoentes, demitido mesmo tendo adquirido a doença na fábrica. Este é apenas um dos muitos exemplos do que acontece nos bastidores de uma das principais empresas de alta tecnologia do país. 

O dossiê também revela casos de trabalhadores que foram ilegalmente pressionados pela direção da companhia a aderirem ao Programa de Demissão Voluntária encerrado no dia 2 de setembro. Ao todo, 1.600 funcionários foram demitidos por meio de três PDV. Outros 900 foram dispensados de forma direta.

Com o lançamento do documentário, o Sindicato pretende levar para a sociedade a discussão sobre as injustiças cometidas pela Embraer contra seus trabalhadores. A produção faz parte da campanha pelo cancelamento das 2.500 demissões.

“O vídeo expõe fatos que só quem trabalha na Embraer conhece. Essa é uma empresa que, mesmo recebendo dinheiro público, age com desrespeito à saúde e aos direitos dos trabalhadores. Uma fábrica desse porte não pode agir de forma tão leviana e gananciosa, por isso, essa história precisa ser conhecida”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros. 

O documentário será exibido ao vivo no Facebook, Youtube e Instagram, no dia 19, às 18 horas, por meio das contas do Sindicato (Sindmetalsjc). Depois, ficará disponível para compartilhamento.

Confira o trailer do documentário:

 


Após quatro dias de greve, metalúrgicos conquistam reajuste salarial e cancelamento de demissões
Vitória

Após quatro dias de greve, metalúrgicos conquistam reajuste salarial e cancelamento de demissões

Motivada pela proposta rebaixada apresentada pela empresa, a paralisação teve início na segunda-feira

Comissão define datas e regimento de eleição do Sindicato
Reunião

Comissão define datas e regimento de eleição do Sindicato

Documentos podem ser acessados no site

Por unanimidade, metalúrgicos elegem Comissão Eleitoral
Assembleia

Por unanimidade, metalúrgicos elegem Comissão Eleitoral

Grupo vai conduzir todo o processo de eleição da diretoria do Sindicato

Brasil está entre países com maior número de violência contra a mulher
25 de novembro

Brasil está entre países com maior número de violência contra a mulher

Somente em 2019, foram 1326 mortes provocadas pelo ódio ao sexo feminino

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30
Sindicato

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30

A reunião será às 17h30, na sede da entidade

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral
Na sede

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral

Evento dá início ao processo de eleição da diretoria do Sindicato

Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR
Assembleia

Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR

Trabalhadores também aprovaram abertura de PDV

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões
Paralisação

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões

Mobilização começou na sexta-feira. A produção ficou parada por cerca de 30 minutos naquele dia

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos

Votação da Parker Filtros ocorreu de forma virtual. Já na Parker Hannifin, a assembleia foi presencial.

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333