Por garantia de direitos

Sem acordo em audiência, negociação entre Sindicato e MWL continua nesta quarta

Toda discussão foi transmitida no salão de assembleias para os trabalhadores

| Atualizado em

Trabalhadores acompanham audiência
Trabalhadores acompanham audiência - Foto: Roosevelt Cássio

A audiência entre o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e a MWL, realizada nesta terça-feira (20) pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT), terminou sem acordo. As negociações continuam na quarta-feira (21), fora do ambiente judicial.

O impasse se formou em razão da negativa da empresa em apresentar uma garantia de pagamento das verbas rescisórias, em caso de fechamento da fábrica.

A audiência foi mediada pela desembargadora Tereza Asta Gemignani, que propôs a continuidade das negociações.

Greve continua
O Sindicato também propôs como condição para que os metalúrgicos encerrassem a greve o pagamento dos dias parados e a regularização do transporte e alimentação na fábrica. A empresa, entretanto, não aceitou.

Os trabalhadores estão de braços cruzados desde o dia 21 de setembro, contra o possível fechamento da fábrica. Nesse período, a MWL não pagou os salários.

Transmissão no salão
Ao longo da audiência, o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida, e o advogado Aristeu Neto, conversaram com os trabalhadores que acompanharam tudo do salão de assembleias na sede do Sindicato.

A entidade disponibilizou a transmissão no salão para que os metalúrgicos da MWL pudessem acompanhar toda a discussão.

“Fica evidente que está se desenhando um calote por parte da administração chinesa da MWL. Os trabalhadores continuarão firmes em sua luta para garantir seus salários e direitos. Se não chegarmos a um acordo, o Sindicato vai buscar todas as medidas judiciais cabíveis”, afirma Renato Almeida.

 


Após quatro dias de greve, metalúrgicos conquistam reajuste salarial e cancelamento de demissões
Vitória

Após quatro dias de greve, metalúrgicos conquistam reajuste salarial e cancelamento de demissões

Motivada pela proposta rebaixada apresentada pela empresa, a paralisação teve início na segunda-feira

Comissão define datas e regimento de eleição do Sindicato
Reunião

Comissão define datas e regimento de eleição do Sindicato

Documentos podem ser acessados no site

Por unanimidade, metalúrgicos elegem Comissão Eleitoral
Assembleia

Por unanimidade, metalúrgicos elegem Comissão Eleitoral

Grupo vai conduzir todo o processo de eleição da diretoria do Sindicato

Brasil está entre países com maior número de violência contra a mulher
25 de novembro

Brasil está entre países com maior número de violência contra a mulher

Somente em 2019, foram 1326 mortes provocadas pelo ódio ao sexo feminino

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30
Sindicato

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30

A reunião será às 17h30, na sede da entidade

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral
Na sede

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral

Evento dá início ao processo de eleição da diretoria do Sindicato

Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR
Assembleia

Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR

Trabalhadores também aprovaram abertura de PDV

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões
Paralisação

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões

Mobilização começou na sexta-feira. A produção ficou parada por cerca de 30 minutos naquele dia

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos

Votação da Parker Filtros ocorreu de forma virtual. Já na Parker Hannifin, a assembleia foi presencial.

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333