Audiência virtual

TRT propõe cancelamento de demissões e abertura de layoff na Embraer

Justiça deu prazo de uma semana para a empresa avaliar proposta ou apresentar uma alternativa de conciliação

| Atualizado em

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 15ª Região propôs, em audiência de conciliação realizada nesta terça-feira (22), o cancelamento de 502 demissões feitas pela Embraer e a adoção de layoff como forma de se preservar os empregos. O número de trabalhadores se refere àqueles representados pelos sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos e Araraquara.

A Justiça deu prazo de uma semana para a Embraer avaliar a proposta ou apresentar uma alternativa de conciliação para manter os postos de trabalho. Uma nova audiência foi agendada para o dia 29, às 16h30. Caso a empresa não ceda ou avance para construir um acordo, o processo será levado a julgamento.

A proposta da desembargadora vice-presidente judicial do TRT-15, Tereza Asta Gemignani, coincide com cláusula do acordo coletivo assinado em abril pela Embraer e o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. 

Para propor o layoff, a desembargadora considerou a relação 'custo-benefício' que este programa geraria para a empresa e as perspectivas de retomada da Embraer. A alta qualificação dos trabalhadores foi apontada como argumento, bem como o custo que a própria empresa teve para formar esses profissionais. Para a desembargadora, a demissão seria um “desperdício”, por isso considerou que é possível abrir o layoff.

Sindicatos apoiam proposta
Os representantes dos sindicatos dos metalúrgicos de São José dos Campos e Araraquara consideraram extremamente positiva a proposta, mesmo defendendo o cancelamento das 2.500 demissões realizadas pela fabricante de aviões (Programa de Demissões Voluntárias e os 900 cortes anunciados no dia 3). 

Entre todos os demitidos, 470 são metalúrgicos das unidades de São José dos Campos e 32 são de Gavião Peixoto (base sindical de Araraquara). Os metalúrgicos são categoria preponderante na Embraer.

O advogado da Embraer, por sua vez, sinalizou que a empresa não iria aceitar a proposta, repetindo a postura intransigente adotada anteriormente. O TRT, entretanto, manteve o encaminhamento para tentativa de conciliação na audiência da próxima semana. 

“A intransigência da Embraer não nos surpreendeu, afinal ela está repetindo uma postura frequente de não negociar alternativas para buscar manter os empregos. Apesar disso, saímos da audiência bastante otimistas, já que a possível abertura de layoff pode salvar o emprego de 500 trabalhadores. De qualquer forma, vamos permanecer organizando mobilizações e cobrando do poder público medidas de preservação dos 2.500 empregos”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros. 

Assembleia
O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, filiado à CSP-Conlutas, vai realizar uma assembleia, nesta quarta-feira (23), às 10h, com os trabalhadores demitidos pela Embraer –  incluindo metalúrgicos, engenheiros, técnicos, projetistas e secretárias. Será colocada em discussão a proposta apresentada pelo TRT. A assembleia será em frente à portaria principal da Embraer, na av. Faria Lima.


Trabalhadores fazem carreata contra demissões na Embraer
Em defesa dos empregos

Trabalhadores fazem carreata contra demissões na Embraer

Protesto teve apoio da população durante todo o percurso

No mesmo período da demissão em massa, Embraer registra aumento nas entregas de aviões
Reintegração, já!

No mesmo período da demissão em massa, Embraer registra aumento nas entregas de aviões

Empresa divulgou, no início desta semana, um balanço que revela o crescimento de 61,5%

Metalúrgicos da Huber Suhner se mobilizam em defesa do emprego

Metalúrgicos da Huber Suhner se mobilizam em defesa do emprego

Empresa anunciou o fechamento da fábrica em Caçapava

MWL falta à negociação e Sindicato decide ajuizar dissídio coletivo
Por direitos

MWL falta à negociação e Sindicato decide ajuizar dissídio coletivo

Trabalhadores completam um mês em greve

Sindicato assina sete Convenções Coletivas com garantia de direitos
Campanha Salarial

Sindicato assina sete Convenções Coletivas com garantia de direitos

São 2.800 metalúrgicos impactados pela conquista

Sem acordo em audiência, negociação entre Sindicato e MWL continua nesta quarta
Por garantia de direitos

Sem acordo em audiência, negociação entre Sindicato e MWL continua nesta quarta

Toda discussão foi transmitida no salão de assembleias para os trabalhadores

Em carta à Mafersa, metalúrgicos mostram interesse no controle da MWL
Em defesa dos empregos

Em carta à Mafersa, metalúrgicos mostram interesse no controle da MWL

Sindicato e uma comissão de trabalhadores também pedem o agendamento de uma reunião com os representantes da Mafersa.

Sindicato promove debates entre candidatos às prefeituras de São José e Jacareí
Eleições 2020

Sindicato promove debates entre candidatos às prefeituras de São José e Jacareí

Em formato democrático, todos foram convidados e terão o mesmo tempo para expor suas propostas

Vitória: metalúrgicos da Avibras e Retin conquistam renovação de direitos e aumento real
Campanha Salarial 2020

Vitória: metalúrgicos da Avibras e Retin conquistam renovação de direitos e aumento real

Acordos foram aprovados em assembleia nesta quarta-feira (14)

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333