Pandemia

Abertura do comércio por Felício fez disparar novos casos e mortes por covid-19

4.064 pessoas já tiveram diagnóstico positivo para covid-19

| Atualizado em

Reabertura expôs população ao vírus
Reabertura expôs população ao vírus - Foto: Rodrigo Correia

O número de casos confirmados de coronavírus disparou desde que o prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth (PSDB), autorizou a reabertura de alguns estabelecimentos comerciais na cidade. 

No dia 1º de junho, quando parte do comércio voltou a funcionar, o município tinha 890 infectados pela doença. Mas, até o último domingo (12), 4.064 pessoas tiveram diagnóstico positivo para covid-19

Os dados são da Secretaria de Saúde de São José, que apontam também um crescimento no número de mortes. Até a data de início da reabertura do comércio, a cidade estava com 37 óbitos. Quantidade que saltou para 126 vidas perdidas também até domingo.

Crescimento irresponsável
As informações oficiais confirmam um aumento no ritmo de novos casos e mortes de pacientes com coronavírus na cidade depois da flexibilização das atividades comerciais. 

Os dois primeiros casos de covid-19 confirmados em São José foram em 18 de março. Ou seja, a cidade levou pouco mais de dois meses para chegar à marca de 890 casos. Bastou a reabertura parcial do comércio que o número disparou, ultrapassando 4 mil infectados.

Já a primeira morte confirmada em São José foi no dia 31 de março. Depois que o governo tucano permitiu que alguns estabelecimentos voltassem a funcionar, o município tem 122 pessoas mortas pela doença, o que dá 85 novas mortes em pouco mais de um mês.

Adeus, companheiro
Na última semana, um companheiro da Embraer Eugênio de Melo morreu em decorrência do novo coronavírus. Alexandre Alves da Silva, de 53 anos, faleceu nesta quarta-feira (8). Ele trabalhou na empresa por 33 anos e seu atual cargo era de inspetor de qualidade. 

Desde o início da pandemia, o Sindicato tem defendido o isolamento social como única forma de preservar a vida da população. Por isso, exige a adoção da licença remunerada a todos os trabalhadores.

“Infelizmente, a cada dia fica mais claro o despreparo de Felício para lidar com a pandemia. Assim como Bolsonaro ele privilegiou os empresários e deu de ombros para a saúde do povo. A tragédia se confirma com o aumento do contágio e de mortes”, afirma o presidente do Sindicato Weller Gonçalves.


Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR
Assembleia

Metalúrgicos da GM podem receber até R$ 13 mil de PLR

Trabalhadores também aprovaram abertura de PDV

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral
Na sede

Nesta quinta, tem assembleia para escolha de comissão eleitoral

Evento dá início ao processo de eleição da diretoria do Sindicato

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões
Paralisação

Trabalhadores da Cambará entram em greve por reajuste salarial e cancelamento de demissões

Mobilização começou na sexta-feira. A produção ficou parada por cerca de 30 minutos naquele dia

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Parker conquistam 3% de reajuste salarial e renovação de direitos

Votação da Parker Filtros ocorreu de forma virtual. Já na Parker Hannifin, a assembleia foi presencial.

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30
Sindicato

Assembleia de previsão orçamentária acontece no dia 30

A reunião será às 17h30, na sede da entidade

Homem negro é espancado até a morte em supermercado
Racismo

Homem negro é espancado até a morte em supermercado

Crime aconteceu na véspera do Dia da Consciência Negra

Desigualdade entre brancos e negros é realidade cruel no Brasil
Dia da Consciência Negra

Desigualdade entre brancos e negros é realidade cruel no Brasil

Após 133 anos do fim da escravidão, o racismo ainda impõe condições de vida muito piores à população negra.

Metalúrgicos exigem melhores condições de trabalho na Cal Leve
Segurança no trabalho

Metalúrgicos exigem melhores condições de trabalho na Cal Leve

A principal queixa é em relação à falta de segurança

Documentário mostra drama de trabalhadores por trás de demissão em massa na Embraer
Estreia dia 19

Documentário mostra drama de trabalhadores por trás de demissão em massa na Embraer

São relatados casos de assédio, desrespeito a direitos trabalhistas e demissão de lesionados

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333