Fora Bolsonaro e Mourão

10 de julho será dia de luta contra o governo Bolsonaro

O plano de mobilização foi definido em reunião, na terça-feira (23), com dezenas de organizações


Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro

Os trabalhadores brasileiros já têm uma nova data para manifestar toda sua indignação contra o governo genocida de Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão.  Em 10 de julho, o Dia Nacional de Mobilização Fora Bolsonaro vai inaugurar um novo momento de luta pela derrubada do presidente. 

O plano de mobilização foi definido em reunião, na terça-feira (23), com dezenas de organizações, como partidos políticos, centrais sindicais, movimentos sociais e ONGs. A CSP-Conlutas também está entre as entidades que participarão das atividades. 

Em comum, as organizações acreditam que é impossível o Brasil superar a atual crise sanitária, social e econômica, com a permanência de Bolsonaro no poder. Por isso, é hora de preparar uma grande frente nacional que reúna diversos setores da sociedade e seja capaz de dialogar com a população sobre a importância de Bolsonaro deixar o poder.

Com ações nas redes sociais e um panelaço nacional, o dia 10 será apenas o pontapé inicial nessa luta. No dia 11, haverá uma Assembleia Popular para lançar a campanha em todo o país. Já no dia 12, haverá novas manifestações de rua em defesa da democracia. 

Em nossa região, o Sindicato vai fazer atividades nas fábricas para alertar os metalúrgicos sobre o atual momento vivido pela classe trabalhadores e a necessidade de luta contra os ataques promovidos pelo governo Bolsonaro.

O último Conselho de Representantes realizado pelo Sindicato já havia aprovado a participação da categoria nesse dia de luta. Inicialmente, a mobilização estava marcada para 3 de julho.

“A crise vivida pelo brasileiro hoje é sem precedentes. Na saúde, já passamos a casa dos 52 mil mortos por covid-19. Na economia, o desemprego e a informalidade batem recordes. No comando desta tragédia, Bolsonaro e sua equipe já demonstraram que não estão nem aí para o povo. É preciso dar um basta. Fora Bolsonaro e Mourão, já”, reivindica o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida.


Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal
Luta pelo emprego

Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal

Trabalhadores e dirigente do Sindicato encontraram prefeito em praça da cidade

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve
Campanha Salarial 2020

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve

Sindicato e Ericsson deverão realizar uma nova rodada de negociação na próxima terça-feira (29)

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos
Mobilização

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos

Com dívida estimada em R$ 11 milhões, empresa pode ser despejada a partir do dia 10 de outubro

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi
Reintegração, já!

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi

Empresa dispensou 48 trabalhadores, no dia 17, sem negociação

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL
Em defesa dos empregos

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL

Empresa, Sindicato, prefeito e vereadores reúnem-se hoje, às 16h

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios
Apoio à luta

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios

Sindicato da categoria está em negociação com a empresa

Metalúrgicos da Gerdau têm de se mobilizar contra zero de reajuste
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Gerdau têm de se mobilizar contra zero de reajuste

Somente a inflação do período é de 2,94%

Trabalhador da Embraer aprova calendário de mobilizações contra demissões
Em defesa dos empregos

Trabalhador da Embraer aprova calendário de mobilizações contra demissões

O primeiro ato será a participação na Marcha em defesa dos empregos na MWL, que irá ocorrer na quinta (24), às 8h, em...

TRT propõe cancelamento de demissões e abertura de layoff na Embraer
Audiência virtual

TRT propõe cancelamento de demissões e abertura de layoff na Embraer

Justiça deu prazo de uma semana para a empresa avaliar proposta ou apresentar uma alternativa de conciliação

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333