Internacional

Sindicato envia moção em defesa da liberdade do ativista Sebastián Romero

O trabalhador e militante foi preso por participar de uma mobilização

| Atualizado em

O trabalhador argentino Sebastián Romero
O trabalhador argentino Sebastián Romero

Perseguido político desde 2017, o metalúrgico argentino Sebastián Romero foi preso no Uruguai, nesse sábado (30). Sua prisão é injusta e tem de ser revogada imediatamente. O Sindicato enviou moção, nessa quarta-feira (3), pedindo a libertação do companheiro.

O ativista sofre perseguição por ter participado de uma mobilização, junto com milhares de outros manifestantes, em dezembro de 2017, contra a reforma da Previdência do governo argentino de Maurício Macri.

Para exigir a libertação de Romero, moções estão sendo enviadas por diversas entidades.

O governo uruguaio, presidido por Luis Lacalle Pou, deve imediatamente libertar o ativista, assim como o governo argentino de Alberto Fernández deve retirar todas as acusações contra ele.

“Ao redor do mundo, governos têm se utilizado da repressão e prisões arbitrárias para frear a luta dos trabalhadores. Foi assim no Chile, França, Argentina e está sendo agora nos Estados Unidos. A prisão de Romero é motivo de indignação e tem de ser repudiada por toda a classe trabalhadora, nacional e internacional. O Sindicato dos Metalúrgicos registra aqui sua total solidariedade ao companheiro”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros.

Moção enviada pelo Sindicato
Na manhã de sábado, 30/5, houve a notícia de que nosso colega Sebastián Romero foi detido na República Oriental do Uruguai. Sebastián é um político perseguido desde 18 de dezembro de 2017 por ter participado, juntamente com milhares de trabalhadores, na mobilização contra a reforma previdenciária na Argentina. O governo de Mauricio Macri e sua ministra da Segurança, Patricia Bullrich, tentaram demonizá-lo por participar dessa legítima mobilização popular.

Por esse motivo, Sebastián não vê sua família há 29 meses, nem seus colegas da General Motors, a fábrica em que trabalhava, seus amigos do bairro ou seus camaradas na militância do PSTU.

Pela mesma razão, Daniel Ruiz foi detido injustamente e preso por 13 meses.

O governo uruguaio, presidido por Luis Lacalle Pou, deve imediatamente libertar Sebastián Romero, assim como o governo argentino de Alberto Fernández deve retirar todas as acusações contra ele.

Nós, abaixo-assinados, aderimos à demanda de libertação imediata e pedimos que todas as organizações e trabalhadores democráticos se expressem em solidariedade à liberdade de Sebastián Romero.


Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal
Luta pelo emprego

Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal

Trabalhadores e dirigente do Sindicato encontraram prefeito em praça da cidade

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve
Campanha Salarial 2020

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve

Sindicato e Ericsson deverão realizar uma nova rodada de negociação na próxima terça-feira (29)

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos
Mobilização

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos

Com dívida estimada em R$ 11 milhões, empresa pode ser despejada a partir do dia 10 de outubro

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi
Reintegração, já!

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi

Empresa dispensou 48 trabalhadores, no dia 17, sem negociação

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL
Em defesa dos empregos

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL

Empresa, Sindicato, prefeito e vereadores reúnem-se hoje, às 16h

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios
Apoio à luta

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios

Sindicato da categoria está em negociação com a empresa

Metalúrgicos da Gerdau têm de se mobilizar contra zero de reajuste
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Gerdau têm de se mobilizar contra zero de reajuste

Somente a inflação do período é de 2,94%

Trabalhador da Embraer aprova calendário de mobilizações contra demissões
Em defesa dos empregos

Trabalhador da Embraer aprova calendário de mobilizações contra demissões

O primeiro ato será a participação na Marcha em defesa dos empregos na MWL, que irá ocorrer na quinta (24), às 8h, em...

TRT propõe cancelamento de demissões e abertura de layoff na Embraer
Audiência virtual

TRT propõe cancelamento de demissões e abertura de layoff na Embraer

Justiça deu prazo de uma semana para a empresa avaliar proposta ou apresentar uma alternativa de conciliação

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333