Crime premeditado

Morte de miliciano ligado à família Bolsonaro levanta suspeita sobre queima de arquivo

Adriano era investigado por participar do esquema de corrupção no gabinete de Flavio Bolsonaro

| Atualizado em

Família Bolsonaro tinha ligações com Adriano
Família Bolsonaro tinha ligações com Adriano

A morte do miliciano Adriano de Nóbrega, na madrugada do domingo (9), levantou suspeitas sobre uma possível queima de arquivo. Ex-policial, Adriano possuía fortes ligações com o senador Flávio Bolsonaro, filho mais velho do presidente, inclusive no suposto esquema de “rachadinha” que movimentou de forma ilícita R$ 2,3 milhões.

Segundo investigações do Ministério Público (MP-RJ), Fabrício Queiroz,  ex-assessor de Flávio, usou contas bancárias de Adriano para lavagem de dinheiro e ocultação de bens. Na época em que era deputado estadual, Flávio chegou a empregar em seu gabinete a esposa e a mãe de Adriano por indicação de Queiroz.

Flávio admirava tanto a figura do miliciano que chegou a homenageá-lo por duas vezes na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. O próprio Jair Bolsonaro, quando ainda era deputado federal, em 2005, defendeu Adriano no Congresso Nacional. Ele havia sido preso por suspeita de ter executado um flanelinha no Rio de Janeiro. 

Adriano também foi investigado no caso do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, em 2018. No entanto, as investigações não tiveram continuidade. 

Foragido desde 2019, Adriano foi encontrado no município de Esplanada (BA), no sítio do vereador Gilsinho da Dedé, filiado ao PSL, ex-partido de Jair Bolsonaro. Segundo as autoridades, Adriano morreu em confronto com a polícia durante a operação.

Em entrevista, o advogado Paulo Emílio Catta Preta, defensor de Adriano, contou ter recebido uma ligação, na terça-feira (4), em que seu cliente dizia temer ser assassinado por “queima de arquivo”.

“Temos de pressionar as autoridades, inclusive o Ministério da Justiça, para que o caso seja esclarecido. Tudo indica que Adriano sabia demais. Suas ligações com a família Bolsonaro não podem ser simplesmente ignoradas”, afirma o vice-presidente do Sindicato Renato Almeida.


Cancelamento de demissões na Embraer é tema de audiência nesta terça
TRT

Cancelamento de demissões na Embraer é tema de audiência nesta terça

Sindicato está convocando assembleia para quarta-feira, em frente à fábrica

Metalúrgicos da zona sul devem se preparar para mobilização
Campanha Salarial 2020

Metalúrgicos da zona sul devem se preparar para mobilização

Assecre segue sem apresentar uma proposta oficial de acordo

Em defesa dos empregos, metalúrgicos da MWL votam pela continuidade da greve
Mobilização

Em defesa dos empregos, metalúrgicos da MWL votam pela continuidade da greve

Paralisação será mantida pelo menos até quinta-feira (1º), quando acontecerá uma audiência virtual convocada pelo MPT

Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal
Luta pelo emprego

Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal

Trabalhadores e dirigente do Sindicato encontraram prefeito em praça da cidade

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve
Campanha Salarial 2020

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve

Sindicato e Ericsson deverão realizar uma nova rodada de negociação na próxima terça-feira (29)

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos
Mobilização

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos

Com dívida estimada em R$ 11 milhões, empresa pode ser despejada a partir do dia 10 de outubro

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi
Reintegração, já!

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi

Empresa dispensou 48 trabalhadores, no dia 17, sem negociação

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL
Em defesa dos empregos

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL

Empresa, Sindicato, prefeito e vereadores reúnem-se hoje, às 16h

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios
Apoio à luta

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios

Sindicato da categoria está em negociação com a empresa

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333