Transição

Ex-Embraer, Yaborã anuncia licença remunerada

Trabalhadores só retornam para a fábrica na segunda-feira

| Atualizado em

Fábrica da Yaborã, na Faria Lima
Fábrica da Yaborã, na Faria Lima - Foto: Roosevelt Cássio

No dia em que voltaram das férias coletivas, nesta terça-feira (21), os trabalhadores da Embraer e da empresa de transição Yaborã foram colocados em licença remunerada.

O comunicado foi feito pela manhã, com os funcionários do primeiro turno já dentro da fábrica. Em todos os turnos, o expediente de hoje será reduzido. Os trabalhadores só retornam na segunda-feira (27).

Para justificar a licença remunerada, a Yaborã afirmou que está realizando “ajustes e testes em seu sistema”. Segundo o comunicado interno, todos os funcionários no Brasil entrarão em licença, exceto os da EDE (Embraer Divisão de Equipamentos).

A Yaborã foi criada como empresa de transição até que a venda da Embraer para a Boeing seja concretizada. Cerca de dez mil trabalhadores tiveram seus contratos transferidos, no dia 1º de janeiro, para a Yaborã.

Permanecem na Embraer apenas 3.500. Entre os 12 mil que ficavam na matriz, cerca de 2 mil estão, desde esta terça-feira, na fábrica do distrito de Eugênio de Melo e juntam-se a outros 1.500 que já estavam lá.

Embraer sem aviões
Com a criação da Yaborã, a Embraer deixa de fabricar aviões em São José dos Campos. Sua atividade, agora, concentra-se em desenvolvimento de projetos.

Os aviões executivos e militares são produzidos na cidade de Gavião Peixoto (SP) e na Flórida, Estados Unidos. Já a aviação comercial está sob o comando da Yaborã.

O Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos vê com apreensão o anúncio de licença remunerada.

“A incerteza sobre o futuro desses trabalhadores só aumenta. Agora eles não são nem Embraer nem Boeing. A entrega para a norte-americana, se for concretizada, será o fim de 50 anos de história. O Sindicato permanece na luta contra essa transação comercial e em defesa dos empregos, seja na Embraer, na Yaborã ou na Boeing”, afirma o diretor do Sindicato André Luiz Gonçalves, o Alemão.

Sem direitos garantidos
Passados quatro meses desde a data-base da categoria metalúrgica, até agora a Embraer e a Yaborã não assinaram a Convenção Coletiva de Trabalho. Esta situação deixa os trabalhadores sem garantia de direitos.

 

 

 

 


Sindicato anula na Justiça demissão em massa na Johnson Controls Hitachi
Reintegração

Sindicato anula na Justiça demissão em massa na Johnson Controls Hitachi

As dispensas foram consideradas inconstitucionais

Metalúrgicos da JC Hitachi aprovam aviso de greve por estabilidade
Emprego

Metalúrgicos da JC Hitachi aprovam aviso de greve por estabilidade

Na porta da fábrica, o clima era de comemoração

Em reunião, prefeito defende layoff como alternativa a demissões na Embraer
No Paço

Em reunião, prefeito defende layoff como alternativa a demissões na Embraer

Encontro aconteceu na tarde desta quarta-feira (30), na sede da Prefeitura

Sindicato e trabalhadores da Embraer organizam luta contra demissões
Assembleia

Sindicato e trabalhadores da Embraer organizam luta contra demissões

Na sexta-feira (10), haverá uma nova assembleia na sede do Sindicato

Trabalhadores da Ball e Armco se mobilizam contra propostas patronais
Campanha Salarial

Trabalhadores da Ball e Armco se mobilizam contra propostas patronais

Patrões fazem provocação aos metalúrgicos

Embraer se mantém intransigente e audiência no TRT termina sem acordo
Luta pelo emprego

Embraer se mantém intransigente e audiência no TRT termina sem acordo

Liminar obriga Embraer a arcar com plano de saúde e vale-alimentação até junho de 2021

Assembleia Geral vai definir rumos da Campanha Salarial
Neste sábado

Assembleia Geral vai definir rumos da Campanha Salarial

Serão disponibilizados máscaras e álcool em gel para os participantes

Cancelamento de demissões na Embraer é tema de audiência nesta terça
TRT

Cancelamento de demissões na Embraer é tema de audiência nesta terça

Sindicato está convocando assembleia para quarta-feira, em frente à fábrica

Sindicato e deputados do PT discutem sobre luta contra demissões na Embraer
Em defesa dos empregos

Sindicato e deputados do PT discutem sobre luta contra demissões na Embraer

Ao final da discussão, os parlamentares aprovaram a elaboração de um manifesto contra as demissões e um pedido de...

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333