Contra o desmonte do INSS

Nesta sexta, participe da manifestação pelo Dia Nacional do Aposentado

Ato ocorre em frente à sede da Previdência, às 10 horas da manhã.

| Atualizado em

Aposentado protesta em defesa da Previdência
Aposentado protesta em defesa da Previdência

O Dia Nacional do Aposentado, celebrado no dia 24 de janeiro (sexta-feira), terá manifestação em São José dos Campos, em frente à sede da Previdência, às 10 horas da manhã. Aposentados, pensionistas e trabalhadores da ativa vão protestar contra os ataques do governo Bolsonaro e o desmonte do INSS.

O ato, que contará com a participação de sindicatos e movimentos sociais, está sendo organizado pela Admap (Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas).

A sede do órgão fica na avenida Dr. João Guilhermino, 84, Centro.

Na data em que é homenageado, o aposentado não tem o que comemorar. Nos últimos anos, a categoria tem sido castigada com a perda no poder de compra em seus benefícios e o sucateamento do Sistema Único de Saúde (SUS), que é fundamental para toda a população, mas, principalmente, para os idosos.

A reforma da Previdência aprovada pelo governo no ano passado, além de deixar o direito à aposentadoria algo quase inatingível para uma ampla parcela dos trabalhadores, atacou as viúvas (e viúvos), que passaram a sofrer um corte de até 40% em suas pensões.

Desmonte do INSS
Além disso, está em curso um processo, que já vem de governos anteriores, de desmonte da Previdência. Agora, sob a gestão Bolsonaro, há uma intensificação desse movimento, que, em última análise, busca preparar o terreno para a privatização do sistema (algo já proposto pela reforma da Previdência, mas que acabou não se mantendo na tramitação do texto no Congresso Nacional).

O desmonte fica evidente quando observamos o atual caos no atendimento do INSS, que está com mais de três milhões de pedidos de aposentadoria e outros benefícios parados. A análise para concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo, está demorando mais de um ano. O BPC é dirigido a idosos pobres. Um completo descaso!

Ao invés de combater o problema com a contratação de novos servidores, que melhorariam o atendimento e agilizariam a análise de pedidos, o governo Bolsonaro está militarizando o órgão. O Palácio do Planalto anunciou a convocação de 7 mil militares da reserva para atuar no INSS, sem que eles tenham qualquer experiência na função. Concursos públicos para o instituto não são realizados desde 2014.

“No Dia Nacional do Aposentado, queremos mostrar a nossa insatisfação com o descaso que vem atacando aposentados, pensionistas e idosos e a classe trabalhadora como um todo. É preciso se mobilizar contra esse estado de coisas. Convidamos toda a população a participar”, afirmou o presidente da Admap, Lauro da Silva.

Caravana a Aparecida
No dia 26 (domingo), a Admap organizará uma caravana para as atividades do Dia Nacional do Aposentado em Aparecida, onde haverá missa e um ato na Basílica Nacional. Quem tiver interesse em participar, deve se inscrever na Associação. A saída dos ônibus será às 6 horas da manhã.

As atividades em Aparecida são organizadas pela Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos) e Fapesp (Federação de Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo).

Fonte: www.vozdoaposentado.org.br/


Cancelamento de demissões na Embraer é tema de audiência nesta terça
TRT

Cancelamento de demissões na Embraer é tema de audiência nesta terça

Sindicato está convocando assembleia para quarta-feira, em frente à fábrica

Metalúrgicos da zona sul devem se preparar para mobilização
Campanha Salarial 2020

Metalúrgicos da zona sul devem se preparar para mobilização

Assecre segue sem apresentar uma proposta oficial de acordo

Em defesa dos empregos, metalúrgicos da MWL votam pela continuidade da greve
Mobilização

Em defesa dos empregos, metalúrgicos da MWL votam pela continuidade da greve

Paralisação será mantida pelo menos até quinta-feira (1º), quando acontecerá uma audiência virtual convocada pelo MPT

Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal
Luta pelo emprego

Em dia de novo protesto, demitidos da Embraer cobram Felicio fora do Paço Municipal

Trabalhadores e dirigente do Sindicato encontraram prefeito em praça da cidade

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve
Campanha Salarial 2020

Metalúrgicos rejeitam proposta da Ericsson e aprovam aviso de greve

Sindicato e Ericsson deverão realizar uma nova rodada de negociação na próxima terça-feira (29)

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos
Mobilização

Greve dos trabalhadores da MWL continua por preservação de empregos e direitos

Com dívida estimada em R$ 11 milhões, empresa pode ser despejada a partir do dia 10 de outubro

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi
Reintegração, já!

Sindicato mantém mobilização para cancelar demissões na JC Hitachi

Empresa dispensou 48 trabalhadores, no dia 17, sem negociação

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL
Em defesa dos empregos

Trabalhadores fazem nova manifestação contra fechamento da MWL

Empresa, Sindicato, prefeito e vereadores reúnem-se hoje, às 16h

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios
Apoio à luta

Químicos da TI Brasil entram em greve por ampliação de benefícios

Sindicato da categoria está em negociação com a empresa

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333