Crise

Mesmo na pandemia, Boeing anuncia a demissão de 13 mil trabalhadores

Dispensas ocorrerão nas fábricas dos EUA, Canadá, Austrália e Nova Zelândia

| Atualizado em

Fábrica da Boeing nos EUA
Fábrica da Boeing nos EUA

A norte-americana Boeing, mais uma vez, recorreu a sua política cruel de demissões. A empresa anunciou, nesta quarta-feira (27), que irá fechar quase 13 mil postos de trabalho. Os cortes ocorrem em meio à pandemia do coronavírus e irão atingir fábricas nos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia. 

Serão demitidos 6.770 funcionários nos Estados Unidos e 700 em outros países. Mais 5.520 acordos de demissão serão fechados nos próximos dias. A conta aponta para ao menos 12.990 desempregados.

Segundo Dave Calhoun, diretor executivo da Boeing, essa é apenas a primeira onda de demissões no plano de reestruturação da fábrica. Anunciado em abril, ele poderá atingir até 10% dos trabalhadores da empresa. Atualmente a Boeing possui 160 mil funcionários.

O corte anunciado nesta semana é quase nove vezes maior do que a última demissão em massa feita pela direção da fábrica, em 2017. Na ocasião, 1500 trabalhadores perderam seus empregos. 

Reestatização para salvar os empregos
O Sindicato repudia as demissões praticadas pela Boeing, especialmente no atual momento de grave crise sanitária. A população dos EUA já sofre com mais de 100 mil mortos por covid-19 e agora sente economicamente o desastre causado pelo presidente Donald Trump. 

O caso evidencia que demissões também poderiam ocorrer na Embraer, caso o negócio com a Boeing tivesse se concretizado. Para a sorte dos brasileiros, a Boeing desistiu do acordo. No entanto, o governo Bolsonaro já mostrou que continua querendo se desfazer da Embraer. 

“Todo esse cenário só demonstra a necessidade de união internacional dos trabalhadores contra os ataques de patrões, acionistas e governos. Os trabalhadores não devem pagar pela crise. Repudiamos as demissões em massa na Boeing e enviamos nossa solidariedade internacional a todos os trabalhadores”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros.


Em plena pandemia, Embraer anuncia PDV
Absurdo

Em plena pandemia, Embraer anuncia PDV

Embraer comunicou ao Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, nesta quinta-feira (2)

Subsedes e Jurídico retomam atendimento com horário especial
Pandemia

Subsedes e Jurídico retomam atendimento com horário especial

Devido à pandemia, os horários e dias serão reduzidos

População negra e pobre é a mais afetada pela covid-19
Crise do coronavírus

População negra e pobre é a mais afetada pela covid-19

Dados apontam que em bairros mais pobres a contaminação pelo coronavírus chega a ser 2,5 vezes maior

Com greve nacional, entregadores denunciam precarização do trabalho
Breque dos apps

Com greve nacional, entregadores denunciam precarização do trabalho

Foram registradas mobilizações em pelo menos 13 capitais e no Distrito Federal

Metalúrgicos da Panasonic definem reivindicações de PLR e reajuste salarial
Participação nos lucros

Metalúrgicos da Panasonic definem reivindicações de PLR e reajuste salarial

Negociações entre empresa e Sindicato continuam

Proposta de PLR da Prolind e Movent é rejeitada pela segunda vez
Decisão dos trabalhadores

Proposta de PLR da Prolind e Movent é rejeitada pela segunda vez

Empresas também querem empurrar zero de aumento real na Campanha Salarial

Ações contra perda do FGTS
ATENÇÃO

Ações contra perda do FGTS

Muitas informações estão circulando nas redes sociais sobre as ações contra as perdas no Fundo de Garantia por Tempo...

Maioria dos que recebem auxílio emergencial reprova Bolsonaro na pandemia
Crise do coronavírusus

Maioria dos que recebem auxílio emergencial reprova Bolsonaro na pandemia

49% classificam a atuação do presidente como ruim ou péssima

Metalúrgicos vão à luta e exigem abertura das negociações da PLR 2020
Mobilização

Metalúrgicos vão à luta e exigem abertura das negociações da PLR 2020

Fábricas seguem produzindo normalmente e devem pagar o benefício

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333