Mobilização

Após 20 dias, trabalhadores da Wirex Cable suspendem greve

Metalúrgicos voltaram ao trabalho depois que empresa se comprometeu a regularizar situação

| Atualizado em

Decisão foi tomada em assembleia
Decisão foi tomada em assembleia - Foto: Roosevelt Cássio

Os trabalhadores da Wirex Cable, em Santa Branca, aprovaram em assembleia, nesta terça-feira (19), a suspensão da greve iniciada no dia 30 de outubro. Mesmo com a volta ao trabalho, os metalúrgicos continuarão mobilizados para pressionar a empresa a cumprir sua proposta.

A Wirex se comprometeu a regularizar alguns débitos trabalhistas e garantir estabilidade no emprego por 60 dias. Entretanto, a empresa agiu de forma autoritária e chegou ao absurdo de enviar a proposta por WhatsApp aos trabalhadores, na segunda-feira (18), numa tentativa de passar por cima do Sindicato. Esta é uma prática antissindical que será questionada na Justiça.

Os metalúrgicos da Wirex permaneceram 20 dias em greve e reivindicam a assinatura de acordo coletivo, a regularização dos salários, FGTS e INSS e a volta da cesta básica, vale-alimentação e convênio médico.

Desrespeito
Desde o início da greve, a Wirex Cable demonstrou total desrespeito aos trabalhadores. No dia 7, nenhum representante da fábrica compareceu à reunião convocada pela Prefeitura de Santa Branca.

Como se não bastasse, a empresa faltou a uma reunião na Superintendência Regional do Trabalho.

“A volta ao trabalho não significa o fim da mobilização. O Sindicato e os trabalhadores irão cobrar o cumprimento da proposta apresentada pela Wirex e a assinatura do acordo coletivo. Se a empresa tentar fugir de suas responsabilidades, vai enfrentar uma nova greve”, afirma o diretor Nilson Ferreira Leite.


Em plena pandemia, Embraer anuncia PDV
Absurdo

Em plena pandemia, Embraer anuncia PDV

Embraer comunicou ao Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, nesta quinta-feira (2)

Subsedes e Jurídico retomam atendimento com horário especial
Pandemia

Subsedes e Jurídico retomam atendimento com horário especial

Devido à pandemia, os horários e dias serão reduzidos

População negra e pobre é a mais afetada pela covid-19
Crise do coronavírus

População negra e pobre é a mais afetada pela covid-19

Dados apontam que em bairros mais pobres a contaminação pelo coronavírus chega a ser 2,5 vezes maior

Com greve nacional, entregadores denunciam precarização do trabalho
Breque dos apps

Com greve nacional, entregadores denunciam precarização do trabalho

Foram registradas mobilizações em pelo menos 13 capitais e no Distrito Federal

Metalúrgicos da Panasonic definem reivindicações de PLR e reajuste salarial
Participação nos lucros

Metalúrgicos da Panasonic definem reivindicações de PLR e reajuste salarial

Negociações entre empresa e Sindicato continuam

Proposta de PLR da Prolind e Movent é rejeitada pela segunda vez
Decisão dos trabalhadores

Proposta de PLR da Prolind e Movent é rejeitada pela segunda vez

Empresas também querem empurrar zero de aumento real na Campanha Salarial

Ações contra perda do FGTS
ATENÇÃO

Ações contra perda do FGTS

Muitas informações estão circulando nas redes sociais sobre as ações contra as perdas no Fundo de Garantia por Tempo...

Maioria dos que recebem auxílio emergencial reprova Bolsonaro na pandemia
Crise do coronavírusus

Maioria dos que recebem auxílio emergencial reprova Bolsonaro na pandemia

49% classificam a atuação do presidente como ruim ou péssima

Metalúrgicos vão à luta e exigem abertura das negociações da PLR 2020
Mobilização

Metalúrgicos vão à luta e exigem abertura das negociações da PLR 2020

Fábricas seguem produzindo normalmente e devem pagar o benefício

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333