Internacional

Presidente chileno é processado por crimes contra a humanidade

Ação foi movida por advogados representando organizações de direitos humanos

| Atualizado em

Um tribunal chileno acolheu uma ação movida contra o presidente Sebastián Piñera por sua responsabilidade em supostos crimes contra a humanidade que ocorreram durante a crise social que o Chile vive há quase três semanas e matou 20, segundo o Judiciário.

A ação foi movida contra o presidente pela "responsabilidade que lhe cabe, como autor, como chefe de Estado e de todos os que resultem responsáveis como autores, encobridores e/ou cúmplices de crime contra a humanidade", destacou o documento apresentado em um tribunal em Santiago por advogados representando organizações de direitos humanos.

"Se admite a tramitação da ação interposta; remete-se ao Ministério Público", para que se inicie uma investigação, indicou a resolução do juiz Patricio Álvarez, que iniciará agora a tramitação da ação judicial. A ação afirma que a Polícia e os militares cometeram pelo menos nove delitos —entre eles homicídios, torturas, restrições ilegítimas e abuso sexual— desde sexta-feira, 18 de outubro, quando o surto social começou e o presidente Piñera estabeleceu o estado de emergência, no qual entregou o controle da segurança de Santiago e outras cidades ao exército.

Os protestos deixaram 20 mortos, cinco deles por ação direta de agentes do Estado. O Instituto Nacional de Direitos Humanos contabilizou até esta quarta-feira 1.778 feridos e cerca de 5.000 detidos.

Fonte: Uol


Carta aos trabalhadores da Embraer

Carta aos trabalhadores da Embraer

Mais uma vez Boeing mostra a que veio

Congresso promulga reforma da Previdência que ataca direito à aposentadoria
Virou lei

Congresso promulga reforma da Previdência que ataca direito à aposentadoria

Entre outros ataques, reforma impõe idade mínima para aposentadoria de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres

Unidade de ação contra o golpe militar na Bolívia! Por eleições livres, já!
Nota CSP-Conlutas

Unidade de ação contra o golpe militar na Bolívia! Por eleições livres, já!

Central manifesta seu posicionamento sobre situação no país vizinho

Metalúrgicos da Delta aprovam acordo de PLR
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da Delta aprovam acordo de PLR

O pagamento do benefício será realizado ainda neste mês

Bolsonaro taxa desempregado para dar isenção de imposto a patrão
Ataque aos direitos

Bolsonaro taxa desempregado para dar isenção de imposto a patrão

Medida Provisória (MP) 905 prevê o desconto de uma taxa de 7,5% de todos que recebem o seguro-desemprego

Governo Bolsonaro reduz direitos trabalhistas para jovens
Novo programa

Governo Bolsonaro reduz direitos trabalhistas para jovens

Pacote de medidas promete gerar empregos, mas, na verdade, é um atentado contra o povo.

Na Metinjo, trabalhadores conquistam reajuste salarial e renovação de direitos
Campanha Salarial

Na Metinjo, trabalhadores conquistam reajuste salarial e renovação de direitos

Os salários foram reajustados acima da inflação do período

Metalúrgicos da Mirage conseguem 4,5% de reajuste e renovação de direitos
Campanha Salarial

Metalúrgicos da Mirage conseguem 4,5% de reajuste e renovação de direitos

As negociações foram direto entre Sindicato e empresa

Sem proposta da Wirex Cable, trabalhadores completam duas semanas em greve
Paralisação

Sem proposta da Wirex Cable, trabalhadores completam duas semanas em greve

Entre as reivindicações dos trabalhadores está a volta de direitos e benefícios retirados arbitrariamente pela empresa

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333