Crise do coronavírus

Mobilizações por licença remunerada continuam na região

Categoria segue na luta em defesa da saúde dos trabalhadores

| Atualizado em

Mobilização na Blue Tech
Mobilização na Blue Tech - Foto: Roosevelt Cássio

Metalúrgicos de mais cinco fábricas se mobilizaram, nesta quarta-feira (25), para exigir que as empresas adotem o sistema de licença remunerada para todos. A luta em defesa da saúde dos trabalhadores é de toda a categoria, como forma de prevenção ao coronavírus.

Hoje foi dia de mobilização na MWL e Blue Tech, em Caçapava, e Friulli e Delta, em São José dos Campos.  Em todas elas, a reivindicação é pela paralisação total das fábricas, exceto em serviços essenciais.

Na Magnaghi Friuli, os trabalhadores da produção pararam por mais de quatro horas, apesar da presença policial na porta da fábrica. Pressionada, a empresa decidiu liberar imediatamente aqueles que pertencem ao grupo de risco e colocar 50% da fábrica em férias coletivas a partir de segunda-feira (30), por 15 dias. Os outros 50% serão liberados em seguida.

A proposta da Friulli foi aprovada em assembleia, mas os trabalhadores continuam em estado de mobilização. Os companheiros também reivindicaram, em assembleia, estabilidade no emprego para todos.

“Mexeu com um, mexeu com todos! Esta é nossa bandeira. O desprezo do governo e dos patrões pela vida dos trabalhadores fica a cada dia mais evidente. Por isso, é de extrema importância nossa luta”, afirma o diretor do Sindicato José Dantas Sobrinho.

Na Blue Tech, fornecedora da LG, houve paralisação de uma hora. Na Delta, os trabalhadores decidiram em assembleia que se não houver licença remunerada, vai ter greve.

Para os metalúrgicos da MWL, a licença remunerada será por 31 dias, a partir de quinta-feira (26).

Os trabalhadores da Armco, que realizaram uma greve de 24h na terça-feira, seguem mobilizados. Após a paralisação, a empresa anunciou que deve liberar os funcionários na semana que vem.

Chantagem
Em algumas empresas, tem patrão querendo chantagear os trabalhadores para que desistam de lutar.

“Esta é uma atitude criminosa e que não será aceita na categoria. Nossa luta em defesa da vida vai seguir com toda força, queiram os patrões ou não”, afirma o diretor do Sindicato Nilson Ferreira Leite.

 


Dia Nacional de Luto e de Luta exige Fora Bolsonaro e Mourão
Nesta sexta

Dia Nacional de Luto e de Luta exige Fora Bolsonaro e Mourão

Em São José, o Sindicato realizará assembleias com os trabalhadores nas fábricas para denunciar os ataques do Planalto

Metalúrgicos da Aisys e Retrovex aprovam PLR
Participação nos Lucros

Metalúrgicos da Aisys e Retrovex aprovam PLR

Decisão foi tomada em assembleia, na terça e quarta-feira, respectivamente

Greve dos metalúrgicos da Renault completa duas semanas
Contra demissões

Greve dos metalúrgicos da Renault completa duas semanas

Mobilização é pela reintegração dos trabalhadores demitidos

Curso sobre reestatização da Embraer será dia 13
Formação

Curso sobre reestatização da Embraer será dia 13

A aula será online e para participar é preciso se inscrever até o dia 11.

Em luta por PLR, trabalhadores da Rosenberger Domex podem paralisar a produção nesta semana
Mobilização

Em luta por PLR, trabalhadores da Rosenberger Domex podem paralisar a produção nesta semana

Sindicato defende R$ 3 mil de PLR e estabilidade no emprego por seis meses

Trabalhadores da Eaton rejeitam proposta e seguem luta por PLR maior
Mobilização

Trabalhadores da Eaton rejeitam proposta e seguem luta por PLR maior

Operários exigem minimamente mesmo valor pago em 2019

Bolsonaro impede indenização a profissionais da saúde vítimas da covid-19
Desrespeito

Bolsonaro impede indenização a profissionais da saúde vítimas da covid-19

Projeto já havia sido aprovado pelo Congresso e previa indenização a todos profissionais reconhecidos pelo Conselho...

Metalúrgicos da Domex rejeitam proposta de PLR e aprovam aviso de greve
Caçapava

Metalúrgicos da Domex rejeitam proposta de PLR e aprovam aviso de greve

Valor defendido pelo Sindicato, em conjunto com os trabalhadores, é de R$ 5 mil

Governo Bolsonaro tem quase 10 milhões de testes parados para covid-19
Coronavírus

Governo Bolsonaro tem quase 10 milhões de testes parados para covid-19

Os exames são do tipo RT-PCR e não foram distribuídos até agora devido a falta dos insumos usados em laboratório para...

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333