Paralisação

Metalúrgicos da Retrovex protestam contra demissões

No momento em que o país passa pela crise do coronavírus (Covid-19), empresa manda embora quase 20% do total de funcionários

| Atualizado em

Trabalhadores da Retrovex em assembleia
Trabalhadores da Retrovex em assembleia - Foto: Wendel Marques/Sindmetalsjc

Os metalúrgicos da Retrovex, em Igaratá, atrasaram a produção em três horas, nesta segunda-feira (23). Os trabalhadores reivindicam o cancelamento das 24 demissões que ocorreram nos últimos dias. 

No momento em que o país passa pela crise do coronavírus (Covid-19) e que os trabalhadores mais precisam de estabilidade e segurança, a Retrovex tem de atender às exigências do Sindicato e colocar todos em licença remunerada. 

Porém, ela fez o caminho inverso e mandou embora quase 20% do total de funcionários. 

A fábrica nem mesmo está cumprindo as exigências da Organização Mundial da Saúde (OMS) para prevenção ao contágio do vírus. Não há a disponibilização de álcool em gel nem de máscaras para os trabalhadores usarem durante o expediente. 

“Vamos exigir o cancelamento das demissões e licença remunerada para todos os trabalhadores.  Caso a empresa não atenda nossas reivindicações, vai ter greve! É inadmissível a atitude adotada pela Retrovex”, afirma o diretor do Sindicato Ralph Siqueira da Silva.

A fábrica possui 140 funcionários e produz espelhos retrovisores automotivos.


Em assembleia online, metalúrgicos da GM iniciam nesta quarta-feira votação sobre suspensão de contratos
Democracia operária

Em assembleia online, metalúrgicos da GM iniciam nesta quarta-feira votação sobre suspensão de contratos

Resultado também será divulgado pelo site do Sindicato

Embraer e Sindicato encerram negociações e proposta será levada para votação
Coronavírus

Embraer e Sindicato encerram negociações e proposta será levada para votação

O Sindicato vai apresentar a proposta para os trabalhadores por meio de transmissão ao vivo no Facebook e Youtube...

Para enfrentar crise do coronavírus, General Motors, Embraer e outras empresas não precisam reduzir salários e direitos
Em defesa do trabalhador

Para enfrentar crise do coronavírus, General Motors, Embraer e outras empresas não precisam reduzir salários e direitos

Diante da pandemia e da crise econômica, não é preciso escolher entre “salvar vidas” ou “garantir empregos”

Patrões querem manter redução de direitos trabalhistas mesmo após pandemia
Coronavírus

Patrões querem manter redução de direitos trabalhistas mesmo após pandemia

Empresários também estão de olho na isenção de impostos

Embraer propõe suspensão de contratos e redução salarial que pode ultrapassar 25%
Coronavírus

Embraer propõe suspensão de contratos e redução salarial que pode ultrapassar 25%

Uma nova rodada de negociação acontecerá nesta terça-feira

GM apresenta proposta final de suspensão de contratos de trabalho e mantém redução de salários
Coronavírus

GM apresenta proposta final de suspensão de contratos de trabalho e mantém redução de salários

Aprovação depende de votação por trabalhadores

Embraer propõe layoff e redução de salário aos trabalhadores
Coronavírus

Embraer propõe layoff e redução de salário aos trabalhadores

Tema será pauta de discussão com trabalhadores da Embraer, nesta quinta-feira (2), em transmissão ao vivo, às 14h...

Para enfrentar pandemia, Sindicato exige paralisação na Embraer em Portugal e EUA
Coronavírus

Para enfrentar pandemia, Sindicato exige paralisação na Embraer em Portugal e EUA

Medida tem como objetivo preservar a vida dos trabalhadores

Embraer adia negociação para segunda-feira
Coronavírus

Embraer adia negociação para segunda-feira

Em negociação, ocorrida na quarta-feira (1º), a Embraer e Yaborã apresentaram a proposta de redução de jornada e...

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333