DIA NACIONAL DO APOSENTADO

Protesto exige respeito a aposentados e fim do desmonte da Previdência

Sindicatos de mais de 20 categorias participaram da mobilização, que reuniu cerca de 100 pessoas

| Atualizado em

Ato contra o desmonte da Previdência Social,
Ato contra o desmonte da Previdência Social, - Foto: Lucas Lacaz Ruiz

Uma manifestação em razão do Dia Nacional do Aposentado ocupou a entrada do prédio do INSS, em São José dos Campos, na manhã desta sexta-feira (24). O protesto exigiu do governo federal respeito aos direitos da categoria e o fim da política de desmonte da Previdência Social.

Além de aposentados e pensionistas, participaram do ato trabalhadores da ativa. Sindicatos de mais de 20 categorias participaram da mobilização, que reuniu cerca de 100 pessoas.

Encabeçado pela Admap (Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas), o protesto marcou posição contra o achatamento nos benefícios previdenciários, o corte nas pensões promovido pela reforma da Previdência, o desmonte do INSS e a tentativa do Palácio do Planalto de “militarizar” o atendimento nas agências.

O governo Bolsonaro quer colocar no INSS militares da reserva, sem nenhuma experiência na área, para tentar solucionar o caos no atendimento à população. Em meio a essa situação, mais de três milhões de pedidos de aposentadoria e outros benefícios estão parados.

A análise para concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), por exemplo, está demorando mais de um ano. O BPC é dirigido a idosos pobres. Um completo descaso!

Em vez de combater o problema com a contratação de novos servidores, que melhorariam o atendimento e agilizariam a análise de pedidos, o governo Bolsonaro anunciou a convocação de 7 mil militares da reserva para atuar no INSS, sem que eles tenham qualquer experiência na função. Concursos públicos para o instituto não são realizados desde 2014.

“Foi um grande protesto, marcado pela unidade de vários sindicatos, movimentos, centrais sindicais e partidos de esquerda. Esse é o caminho para enfrentarmos essa agenda perversa do governo Bolsonaro, que só pensa em atacar direitos dos aposentados e trabalhadores da ativa”, disse o presidente da Admap, Lauro da Silva.

Caravana a Aparecida
No dia 26 (domingo), a Admap organiza uma caravana para as atividades do Dia Nacional do Aposentado em Aparecida, onde haverá missa e um ato na Basílica Nacional. Quem tiver interesse em participar, deve se inscrever na Associação. A saída dos ônibus será às 6 horas da manhã.

As atividades em Aparecida são organizadas pela Cobap (Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos) e Fapesp (Federação de Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo).

Fonte: Voz do aposentado


Senado prorroga por mais 60 dias a MP do Contrato Verde e Amarelo
MP 905

Senado prorroga por mais 60 dias a MP do Contrato Verde e Amarelo

MP precariza ainda mais as relações de trabalho no Brasil

Preconceituoso, Guedes diz que, com dólar baixo, até empregada ia a Disney
Cala a boca, ministro!

Preconceituoso, Guedes diz que, com dólar baixo, até empregada ia a Disney

O ministro também já havia ofendido os servidores públicos

Sindicato dos Petroleiros fará venda de botijões a preço reduzido nesta quinta-feira
Mobilização

Sindicato dos Petroleiros fará venda de botijões a preço reduzido nesta quinta-feira

Ação é para alertar a população sobre a atual política de preços praticada pelo governo

Luto

Morre Benedito Domingos, ex-diretor do Sindicato e da Admap

O velório está sendo na Urbam e o enterro será no cemitério de Santana

Camisetas do bloco Acorda Peão já estão à venda. Garanta a sua!
Carnaval 2020

Camisetas do bloco Acorda Peão já estão à venda. Garanta a sua!

O valor do adereço é R$10 e pode ser comprado na sede ou subsedes do Sindicato

Passeata de moradores da ocupação Coração Valente é adiada para sexta-feira
Por moradia

Passeata de moradores da ocupação Coração Valente é adiada para sexta-feira

Concentração será no Pátio dos Trilhos e segue até a Prefeitura

Morte de miliciano ligado à família Bolsonaro levanta suspeita sobre queima de arquivo
Crime premeditado

Morte de miliciano ligado à família Bolsonaro levanta suspeita sobre queima de arquivo

Adriano era investigado por participar do esquema de corrupção no gabinete de Flavio Bolsonaro

Sindicato garante reintegração de trabalhador da Holld Meyer
zona sul

Sindicato garante reintegração de trabalhador da Holld Meyer

Flávio começou a trabalhar na empresa em 2010 e se lesionou enquanto exercia a função de lavador de peça

Greve na Elgin é suspensa e luta em defesa do emprego continua
Não às demissões

Greve na Elgin é suspensa e luta em defesa do emprego continua

Paralisação dos trabalhadores levou a empresa a ampliar os benefícios para os demitidos

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333