País desigual

Metade dos brasileiros sobrevive com apenas R$ 413 mensais

Enquanto isso, 1% mais rico tem renda média de R$ 16.297 por pessoa


O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo e, em razão da política econômica fielmente aplicada pelos últimos governos (PSDB, PT, MDB, Bolsonaro), essa situação não tem se revertido. Pelo contrário.

Segundo dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados no mês passado, a desigualdade de renda no país alcançou patamar recorde em 2018, dentro da série histórica iniciada pelo órgão em 2012.

A metade mais pobre da população, ou seja, quase 104 milhões de brasileiros, vivia com apenas R$ 413 mensais, considerando todas as fontes de renda.

No outro extremo, o 1% mais rico, o que representa somente 2,1 milhões de pessoas, tinha renda média de R$ 16.297 por pessoa. Ou seja, essa pequena fatia mais abastada da população ganhava quase 40 vezes mais que a metade da base da pirâmide populacional. 

Outro dado chocante: 10,4 milhões de pessoas (5% da população) sobrevivem com R$ 51 mensais, em média. Já considerando os 30% mais pobres (60,4 milhões de pessoas), a renda média per capita subia a apenas R$ 269.

Os dados do IBGE demonstram que a crise atingiu principalmente os mais pobres, enquanto os ricos ficaram ainda mais ricos.

"Essa é a lógica do sistema capitalista, em que prevalece a lógica de Robin Hood às avessas: tira dos que já têm muito pouco para encher os bolsos daqueles que já têm tudo. Por isso, a nossa luta não deve se restringir apenas a lutar por aumento de salário ou uma PLR mais gorda, mas pela própria mudança desse sistema cruel", afirmou o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.


Senado prorroga por mais 60 dias a MP do Contrato Verde e Amarelo
MP 905

Senado prorroga por mais 60 dias a MP do Contrato Verde e Amarelo

MP precariza ainda mais as relações de trabalho no Brasil

Preconceituoso, Guedes diz que, com dólar baixo, até empregada ia a Disney
Cala a boca, ministro!

Preconceituoso, Guedes diz que, com dólar baixo, até empregada ia a Disney

O ministro também já havia ofendido os servidores públicos

Sindicato dos Petroleiros fará venda de botijões a preço reduzido nesta quinta-feira
Mobilização

Sindicato dos Petroleiros fará venda de botijões a preço reduzido nesta quinta-feira

Ação é para alertar a população sobre a atual política de preços praticada pelo governo

Luto

Morre Benedito Domingos, ex-diretor do Sindicato e da Admap

O velório está sendo na Urbam e o enterro será no cemitério de Santana

Camisetas do bloco Acorda Peão já estão à venda. Garanta a sua!
Carnaval 2020

Camisetas do bloco Acorda Peão já estão à venda. Garanta a sua!

O valor do adereço é R$10 e pode ser comprado na sede ou subsedes do Sindicato

Passeata de moradores da ocupação Coração Valente é adiada para sexta-feira
Por moradia

Passeata de moradores da ocupação Coração Valente é adiada para sexta-feira

Concentração será no Pátio dos Trilhos e segue até a Prefeitura

Morte de miliciano ligado à família Bolsonaro levanta suspeita sobre queima de arquivo
Crime premeditado

Morte de miliciano ligado à família Bolsonaro levanta suspeita sobre queima de arquivo

Adriano era investigado por participar do esquema de corrupção no gabinete de Flavio Bolsonaro

Sindicato garante reintegração de trabalhador da Holld Meyer
zona sul

Sindicato garante reintegração de trabalhador da Holld Meyer

Flávio começou a trabalhar na empresa em 2010 e se lesionou enquanto exercia a função de lavador de peça

Greve na Elgin é suspensa e luta em defesa do emprego continua
Não às demissões

Greve na Elgin é suspensa e luta em defesa do emprego continua

Paralisação dos trabalhadores levou a empresa a ampliar os benefícios para os demitidos

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333