AI-5 nunca mais

Centrais repudiam declarações de Eduardo Bolsonaro

Movimento sindical defende abertura de processo no Conselho de Ética da Câmara Federal

| Atualizado em

A fala covarde e irresponsável do filho do presidente da República é mais uma “cortina de fumaça” utilizada pra tentar abafar as relações nada republicanas da família Bolsonaro com as milícias.

Convém lembrar que o Ato Institucional número 5 foi instituído no final de 1968 pelo general Artur da Costa e Silva com o propósito de perseguir e calar as organizações e personalidades que faziam oposição ao regime militar.

O mais duro ato imposto pela ditadura abriu caminho para o fechamento do Congresso Nacional, suspensão de quaisquer garantias constitucionais, cassação de mandatos, intervenção nos sindicatos, prisões , assassinatos e tortura de opositores.

O regime instituído pelos militares, através de um golpe apoiado pelos EUA e o empresariado, foi derrotado pelo povo brasileiro  em 1985 na sequência da maior campanha política registrada na história brasileira. A conquista da democracia no Brasil demandou o sacrifício de inúmeros brasileiros e brasileiras.

A classe trabalhadora e seus representantes foram as principais vítimas do regime militar e não medirão esforços para defender as liberdades democráticas contra os arroubos reacionários do deputado da extrema direita e outros membros do Clã Bolsonaro.

Centrais Sindicais defendem a abertura de processo no Conselho de Ética da Câmara Federal para apurar a conduta do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Sergio Nobre – Presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores)
Miguel  Torres – Presidente da Força Sindical
Ricardo Patah – Presidente da UGT (União Geral dos Trabalhadores)
Adilson Araújo – Presidente da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil)
Antonio Neto – Presidente da CSB (Central dos Sindicatos do Brasil)
José Calixto – Presidente da NCST (Nova Central Sindical de Trabalhadores)
Edson Carneiro Índio, Secretário Geral da Intersindical
Atenágoras Lopes, presidente da CSP-CONLUTAS
Emanuel Melato – Coordenador da Intersindical – Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora


Trabalhadores votam proposta da Gerdau sobre remuneração variável
Participação nos Lucros e Resultados

Trabalhadores votam proposta da Gerdau sobre remuneração variável

Benefício, que equivale à PLR, será pago conforme cada salário e etapa do processo de trabalho

Brasil alcança terrível marca de uma morte por covid-19 por minuto
Coronavírus

Brasil alcança terrível marca de uma morte por covid-19 por minuto

Já existe projeção de que em duas semanas o país chegará a 50 mil mortos

Ardagh confirma casos de covid-19 em fábrica de Jacareí
Coronavírus

Ardagh confirma casos de covid-19 em fábrica de Jacareí

Já são 15 casos confirmados e outros 17 suspeitos em fábricas de São José dos Campos, Jacareí e Caçapava.

Mais de mil pessoas já se infectaram com coronavírus em São José
Pandemia

Mais de mil pessoas já se infectaram com coronavírus em São José

Mesmo assim, Prefeitura estuda aumentar ainda mais a flexibilização

Mesmo com subsídio às empresas, governo quer liberar demissões de até 50% dos funcionários
Crise do coronavírusus

Mesmo com subsídio às empresas, governo quer liberar demissões de até 50% dos funcionários

Regras atuais da MP 944 proíbem demissões sem justa causa

Sindicato envia moção em defesa da liberdade do ativista Sebastián Romero
Internacional

Sindicato envia moção em defesa da liberdade do ativista Sebastián Romero

O trabalhador e militante foi preso por participar de uma mobilização

Deputados bolsonaristas querem enquadrar manifestantes na lei antiterrorismo
Repressão

Deputados bolsonaristas querem enquadrar manifestantes na lei antiterrorismo

Os deputados bolsonaristas Daniel Silveira e Hélio Negão, ambos do PSL, querem que os grupos de manifestantes...

Confira os horários do atendimento do Imposto de Renda na Admap
De segunda a sexta

Confira os horários do atendimento do Imposto de Renda na Admap

Multa para o contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo será de, no mínimo, R$ 165,74

Sede do Sindicato permanece fechada. Confira os telefones do plantão de atendimento
Atendimento aos metalúrgicos

Sede do Sindicato permanece fechada. Confira os telefones do plantão de atendimento

Em razão da confirmação de um caso e de suspeitas de contágio do coronavírus, a sede do Sindicato dos Metalúrgicos de...

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333