País desigual

Metade dos brasileiros sobrevive com apenas R$ 413 mensais

Enquanto isso, 1% mais rico tem renda média de R$ 16.297 por pessoa


O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo e, em razão da política econômica fielmente aplicada pelos últimos governos (PSDB, PT, MDB, Bolsonaro), essa situação não tem se revertido. Pelo contrário.

Segundo dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados no mês passado, a desigualdade de renda no país alcançou patamar recorde em 2018, dentro da série histórica iniciada pelo órgão em 2012.

A metade mais pobre da população, ou seja, quase 104 milhões de brasileiros, vivia com apenas R$ 413 mensais, considerando todas as fontes de renda.

No outro extremo, o 1% mais rico, o que representa somente 2,1 milhões de pessoas, tinha renda média de R$ 16.297 por pessoa. Ou seja, essa pequena fatia mais abastada da população ganhava quase 40 vezes mais que a metade da base da pirâmide populacional. 

Outro dado chocante: 10,4 milhões de pessoas (5% da população) sobrevivem com R$ 51 mensais, em média. Já considerando os 30% mais pobres (60,4 milhões de pessoas), a renda média per capita subia a apenas R$ 269.

Os dados do IBGE demonstram que a crise atingiu principalmente os mais pobres, enquanto os ricos ficaram ainda mais ricos.

"Essa é a lógica do sistema capitalista, em que prevalece a lógica de Robin Hood às avessas: tira dos que já têm muito pouco para encher os bolsos daqueles que já têm tudo. Por isso, a nossa luta não deve se restringir apenas a lutar por aumento de salário ou uma PLR mais gorda, mas pela própria mudança desse sistema cruel", afirmou o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.


Após estado de greve, metalúrgicos da Prolind e Movent garantem PLR e aumento real
Vitória

Após estado de greve, metalúrgicos da Prolind e Movent garantem PLR e aumento real

Benefício será de R$ 3.300 e reajuste salarial poderá ser de até 1,5%

Facebook remove rede de mentiras ligadas ao clã Bolsonaro
Fake news

Facebook remove rede de mentiras ligadas ao clã Bolsonaro

Estratégia é usada sistematicamente para enganar eleitores

Apesar da pandemia, governo retoma reuniões por reformas trabalhista e sindical
Ataque ao trabalhador

Apesar da pandemia, governo retoma reuniões por reformas trabalhista e sindical

Na quarta-feira (8), parte da equipe econômica do governo voltou a se reunir, visando a alteração das leis sindicais e...

Metalúrgicas da Sun Tech rejeitam PLR rebaixada
Participação nos Lucros

Metalúrgicas da Sun Tech rejeitam PLR rebaixada

A empresa ofereceu uma PLR de R$ 300, valor muito abaixo dos R$ 1.500 pagos em 2019

Ato na Embraer denuncia demissões e exige reestatização
Não ao PDV

Ato na Embraer denuncia demissões e exige reestatização

Durante manifestação, foram tomados todos os cuidados para prevenção ao coronavírus

Com intransigência da Embraer sobre PDV, Sindicato vai à luta contra demissões
Em defesa dos empregos

Com intransigência da Embraer sobre PDV, Sindicato vai à luta contra demissões

Vamos pressionar o poder público para que se posicione em favor dos trabalhadores

Sindicato pede na Justiça afastamento de Conselho Administrativo da Embraer
Processo

Sindicato pede na Justiça afastamento de Conselho Administrativo da Embraer

Transação comercial com a Boeing trouxe consequências negativas para empresa e trabalhadores

Em plena pandemia, Embraer anuncia PDV
Absurdo

Em plena pandemia, Embraer anuncia PDV

Embraer comunicou ao Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, nesta quinta-feira (2)

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em igrejas, fábricas e escolas
Coronavírus

Bolsonaro veta uso obrigatório de máscaras em igrejas, fábricas e escolas

A decisão inconsequente foi publicada nesta sexta-feira (3) e altera trechos da Lei Federal sobre o uso de máscaras na...

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333