Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Manutenção dos empregos 26/07/2012 | 19:05

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Categorias votam apoio à luta na GM

Em assembleias, trabalhadores aprovaram toda solidariedade à luta contra as demissões

Os trabalhadores da Johnson & Johnson e da Monsanto, de São José dos Campos, votaram solidariedade aos metalúrgicos da GM e à luta em defesa dos empregos. O apoio foi aprovado em assembleias realizadas pelo sindicato dos químicos, nesta quinta-feira, dia 26. Houve atraso de uma hora na entrada das fábricas.

"É uma importante demonstração de solidariedade, que fortalece a nossa luta", disse o presidente do Sindicato, Antonio Ferreira de Barros, o Macapá.

Cresce solidariedade à luta na GM
No dia 25, operários da construção civil de Belém (PA) também aprovaram uma moção de solidariedade aos metalúrgicos da GM.

O dirigente da categoria e candidato a vereador pelo PSTU, Cleber Rabelo, propôs que os trabalhadores da Construção Civil de Belém votassem o repúdio à atitude da GM e de apoio aos metalúrgicos e ao Sindicato, bem como uma exigência ao governo Dilma para que chame a empresa para proibir as demissões e garantir a estabilidade no emprego. A proposta foi aprovada por unanimidade, sobre aplauso dos operários.

Na quarta-feira, dia 25, as centrais sindicais Força Sindical, CTB, NCST, UGT e CGTB também divulgaram uma nota pública repudiando a atitude da GM e se solidarizando com os metalúrgicos e com o Sindicato.

No dia 24, quando seria realizado um ato nacional entre sindicatos e centrais sindicais, entidades participaram de uma reunião no Sindicato.

O membro do Sintusp (Sindicato dos Trabalhadores da USP), Marcelo Ferreira, distribuiu uma carta de apoio à luta dos trabalhadores contra as demissões. “Estamos aqui para transmitir nosso incondicional apoio aos metalúrgicos da GM que lutam contra essas demissões”, salientou.

Também presente, o representante do Sindsef-SP (Sindicato dos Servidores Públicos Federais de São Paulo), Carlos Daniel, disse que, assim como os metalúrgicos, os servidores públicos federais também estão em um processo de luta.  “É triste ouvir da boca dos metalúrgicos a preocupação com essas demissões. Nós, em nome dos servidores públicos em greve, estamos aqui para prestar nossa solidariedade e fortalecer a unidade das lutas para combater esses ataques”, disse.

A importância da unidade das mobilizações das diversas categorias para fortalecer a luta dos trabalhadores foi ressaltada em todas as falas.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®