Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Em defesa do emprego 26/06/2012 | 17:12

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Manifestações devem marcar dia contra fechamento da Opel

Nosso Sindicato vai enviar moção de solidariedade aos trabalhadores europeus

Sindicatos e trabalhadores realizam, nesta quinta-feira, dia 28, o Dia Europeu de Ação contra o Fechamento das Fábricas da OPEL (do grupo GM) e PSA (Peugeot). Manifestações acontecerão, simultaneamente, em diversas cidades da Europa, principalmente em Paris (França) e Bochum (Alemanha).

O Sindicato dos Metalúrgicos enviou uma moção de solidariedade aos companheiros da OPEL e PSA. Veja a íntegra da moção:

Moção de solidariedade aos trabalhadores da Opel e PSA
Nós, do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e região, manifestamos nossa solidariedade ao Dia Europeu de Ação contra o Fechamento das Fábricas da OPEL e PSA na Europa.

Os trabalhadores não podem pagar pela crise criada pelos patrões e banqueiros que vivem da pilhagem e da exploração operária.

Aqui no Brasil, os operários sofrem ameaças e chantagens da direção da General Motors, que tenta impor rebaixamentos de direitos e salários. O processo de reestruturação que vem sendo imposto pela montadora já eliminou cerca de 2.200 postos de trabalho no país no último ano.

Recentemente, na fábrica de São José dos Campos, a empresa anunciou o fechamento de um dos turnos de produção de um setor da fábrica. Agora, há o iminente risco de se fechar todo o setor de montagem, o que resultaria na eliminação imediata de 1.500 postos de trabalho.

Os planos da empresa se traduzem em uma brutal reestruturação produtiva para diminuir postos de trabalhos, aprofundar o ritmo de produção e rebaixar salários. O resultado é o aumento da exploração sobre os trabalhadores.

Todos esses ataques acontecem em um momento em que o governo brasileiro está presenteando as montadoras no país com redução de impostos. A medida está colaborando para aumentar ainda mais os lucros dos patrões e não ajudam em nada os trabalhadores. As demissões continuam acontecendo, sem que o governo tome qualquer providência.

Em todo o mundo, a General Motors permanece com sua política de demitir e fechar fábricas em busca de mão de obra mais barata. Nós, trabalhadores de todo o mundo, temos de estar unidos para enfrentar os ataques da montadora.

Por isso, estamos solidários à luta dos operários europeus contra os ataques da GM e de toda empresa capitalista.

Diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos


Também enviamos uma moção aos trabalhadores da GM na Colômbia, onde há graves casos de exploração e demissão de metalúrgicos lesionados. Veja abaixo a moção na íntegra.

 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®