Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

General Motors 17/04/2012 | 12:09

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Abertura do 3º turno e nacionalização da produção, já!

Excesso de hora extra atinge toda a fábrica e é provocado, principalmente, pela demanda do novo modelo da pick-up

Todos os dias, os trabalhadores da GM estão sendo chamados para fazer hora extra, inclusive aos sábados. O excesso de hora extra é motivado, principalmente, pela demanda da nova S10.

A fila de espera nas concessionárias chega a três meses, uma situação que vai contra a própria montadora, que vem perdendo mercado para a Toyota e o modelo concorrente.

Para o Sindicato, é urgente a abertura do 3º turno na S10. Essa situação só comprova o que estamos afirmando há meses: não há motivos para demissões na GM, nem em São José, nem em São Caetano. Pelo contrário, ela deveria contratar.

Por mais empregos no Brasil
Apesar de estar em discussão no país a nacionalização da produção dos veículos e o governo estar dando incentivos bilionários às montadoras, 75% das peças da nova S10 atualmente são produzidas fora do país.

São empregos que o país está perdendo. No modelo anterior, 100% da pick-up era produzida no Brasil.

Por isso, o Sindicato também reivindica que a produção da S10 volte a ser realizada integralmente no país.

“Excesso de horas extras, vendas em alta e demissões são uma total contradição da GM. A empresa precisa é abrir o 3º turno”, afirma o presidente Vivaldo Moreira Araújo.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®