Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Manifestação 06/03/2012 | 17:51

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Mulheres em passeata denunciam descaso e violência

Passeata reuniu moradoras do Pinheirinho e entidades sindicais e populares

Ex-moradoras do Pinheirinho saíram em passeata, nesta terça-feira, dia 6, ao lado de entidades sindicais e populares, para denunciar o descaso e a violência contra as mulheres. A manifestação “Somos todas Pinheirinho”, iniciada na Avenida 9 de Julho, seguiu até a Delegacia da Mulher, na Av. Anchieta, em São José dos Campos.

A passeata deu início às atividades pelo Dia Internacional de Luta da Mulher. O ato foi organizado pelo Movimento Mulheres em Luta (CSP-Conlutas), Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Intersindical, Movimentos Populares, Unidos Pra Lutar, PSTU, PSOL e Mulheres do PT .

Com escorredores de arroz na cabeça e batendo tampas de panelas, as participantes da manifestação relataram histórias que mostram a realidade vivida pela maioria das mulheres pobres, como falta de vagas em creches e agressões domésticas e policiais.

“Tomei bala na perna e no rosto. Eu fiquei até a última hora no Pinheirinho. Se a polícia não me tivesse tirado, eu ficava lá, porque era uma necessidade”, revela a ex-moradora do Pinheirinho, Maria do Carmo de Souza, 65 anos.

Na Delegacia da Mulher, outras histórias de quem sofre com a falta de infraestrutura oferecida pelo Estado. “Chegamos aqui às 10h e saímos às 16h, à espera de atendimento”, relatou uma das pessoas que estavam na DDM para denunciar casos de violência doméstica.

Uma das reivindicações das manifestantes é a implantação de uma Delegacia da Mulher 24 horas.

Em entrevista ao Sindicato dos Metalúrgicos, a delegada Carla Torres Salgado afirmou que o Conselho Nacional de Justiça se dispôs a montar a primeira vara de violência contra a mulher, em São José dos Campos, mas, segundo ela, o município não teria demonstrado interesse sobre a questão.

“Esta manifestação de hoje mostra o quanto as mulheres estão organizadas e dispostas a lutar por seus direitos. Apesar de toda a violência sofrida por elas, ainda assim se mostram fortes, combativas. Este deve ser o objetivo do Dia Internacional de Luta da Mulher, um dia de denúncias e reivindicações”, afirma a diretora do Sindicato, Rosângela Calzavara.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®