Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Panasonic 16/12/2011 | 16:10

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Sindicato vai à Justiça para suspender cortes

Demissão em massa é irregular, já que ocorreu sem nenhum tipo de negociação prévia com o Sindicato

O Sindicato dos Metalúrgicos ajuizou nesta sexta-feira, dia 16, uma ação de dissídio coletivo, com pedido de liminar, solicitando a suspensão das demissões na Panasonic. Na ação, ajuizada no TRT da 15ª Região, em Campinas, o Sindicato alega que a demissão em massa feita pela empresa é irregular e ocorreu sem nenhum tipo de negociação prévia com o Sindicato.

Foram anexadas ao processo várias reportagens, veiculadas na imprensa durante esse ano, em que a Panasonic é enfática ao negar qualquer intenção de fechamento ou de transferência de linhas de produção da cidade.

Luta pela reintegração
A ação jurídica para tentar reverter as demissões foi uma das propostas aprovadas hoje, durante assembleia com os trabalhadores demitidos, na sede do Sindicato. Uma comissão foi eleita para participar com o Sindicato das reuniões com a empresa e auxiliar na organização dos trabalhadores na luta pela suspensão das demissões.

Os metalúrgicos também aprovaram um calendário de atividades. No próximo dia 10 de janeiro, uma nova assembleia deve acontecer, para atualizar a todos sobre as últimas informações das negociações com a empresa e rever estratégias. Também ficou definido que nos dias 17 e 24 de janeiro haverá um plantão no Sindicato, das 10h às 12h, para atender os trabalhadores.

Um cadastro com os demitidos também foi iniciado hoje. O Sindicato está convocando todos aqueles que não compareceram na assembleia, para que passem na sede do Sindicato e façam o seu cadastro, na recepção.

Esse cadastro é muito importante para que possamos organizar nossa luta. Por meio dele já identificamos cinco trabalhadores lesionados, com B94, que têm estabilidade até a aposentadoria, segundo nossa Convenção Coletiva, e não poderiam ter sido demitidos.Há casos de trabalhadores que já estavam às vésperas da aposentadoria e também não poderiam ser desligados“, disse o diretor do Sindicato José Donizete de Almeida.

Reunião
Uma reunião com a empresa nesta sexta-feira terminou sem acordo. Durante o encontro, o Sindicato reafirmou a reivindicação de que sejam suspensas todas as demissões e os trabalhadores reintegrados.

“A Panasonic se mostrou disposta a oferecer um pacote de benefícios aos demitidos. Mas entendemos que isso não é o bastante. A empresa está sendo beneficiada pela redução de IPI anunciada pelo governo com dinheiro público e paga com demissão. Esse tipo de situação não pode mais ser tolerada. Exigimos a suspensão das demissões e a reintegração dos 120 trabalhadores que foram desligados, abruptamente, há pouco mais de uma semana do Natal ”, disse Donizete.

Uma nova data para a continuidade das negociações ainda não foi definida.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®