Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Nacional 04/10/2019 | 10:10

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Congresso da CSP-Conlutas defende unidade contra ataques de Bolsonaro

Sindicato também enviou sua delegação para participar das discussões

O 4º Congresso Nacional da CSP-Conlutas começou, nesta quinta-feira (3), já apontando para a necessidade de unidade para lutar e independência de classe para enfrentar os ataques capitalistas e seus governos. O perfil sindical e popular da CSP-Conlutas também foi destacado pelas organizações como característica fundamental no atual momento para fortalecer as lutas.

O evento está acontecendo na cidade de Vinhedo (SP), até domingo (6), e reúne cerca de 2.000 pessoas representando sindicatos e movimentos populares, de luta contra as opressões e estudantis.

“Nossa central aposta na luta de classes e ação direta e defendemos um programa de unidade com todos que querem lutar e independência de classe. Mas não confundam com conciliação de classes. Defendemos a unidade, mas a que não se coloca como dique de contenção das lutas ou que tenha negociação de direitos”, afirmou a dirigente da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas Rejane Oliveira

“Não autorizamos ninguém a entregar nossos direitos. Não depositamos expectativas nas eleições de 2022. Não vamos ficar esperando ano eleitoral. Vamos lutar aqui e agora pra defender os direitos”, disse.

Na cerimônia de abertura, também estiveram presentes representantes das centrais CGTB, NCST, CTB, Força Sindical, Intersindical Central e Intersindical Instrumento de Luta, além dos partidos PSTU, PSOL e POR e a organização internacional Rede Sindical de Solidariedade e Lutas. O dirigente da CUT Sérgio Nobre enviou uma saudação ao Congresso.

Grupos de Trabalho
Participar do Congresso é muito mais do que assistir palestras ou exposições de lideranças. É, acima de tudo, discutir e opinar sobre os temas propostos. É isso que acontece nos Grupos de Trabalho, em que dirigentes sindicais, ativistas e representantes de movimentos populares e estudantis opinam e contribuem para as resoluções a serem tomadas.

Os participantes dos grupos foram definidos por sorteio, o que garantiu diversidade em cada um deles. Com essa dinâmica, o 4º Congresso da CSP-Conlutas ganha um caráter mais diverso, com mais participação da base.

Delegação dos metalúrgicos
O Sindicato dos Metalúrgicos também enviou sua delegação, representando os trabalhadores e levando para o Congresso toda tradição de luta contra os ataques vindos dos patrões e governos.

“Vivemos um momento gravíssimo no Brasil, em que o governo Bolsonaro trata os trabalhadores como bandidos. Este Congresso tem entre seus propósitos dar unidade aos trabalhadores e organizar as lutas em defesa dos direitos que o governo quer acabar a qualquer custo. Certamente, vamos sair daqui ainda mais fortalecidos e preparados para resistir a todos os ataques do governo Bolsonaro e dos patrões”, afirma o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.

 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®