Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Em Campanha Salarial 31/08/2019 | 12:18

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Conselho de Representantes: é hora de ir para cima por salário e direitos

Também foram escolhidos dois novos diretores do Sindicato na Assembleia Geral da categoria

Realizado pelo Sindicato neste sábado (31), o terceiro Conselho de Representantes de 2019 teve como tema principal a Campanha Salarial. Os 70 participantes que compareceram à reunião na subsede das Chácaras Reunidas concordaram que chegou o momento de esquentar a temperatura na luta por salário e direitos.

Uma das principais instâncias de tomada de decisão da categoria, o Conselho mais uma vez teve uma boa representação, totalizando 17 fábricas. Diretores sindicais, cipeiros, ativistas e trabalhadores discutiram juntos e tiraram como primeira tarefa a realização, já na próxima semana, de diversas assembleias, especialmente com os trabalhadores do setor aeronáutico e de autopeças.

Responsável pela apresentação do ponto da Campanha Salarial, o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida, alertou para a importância da mobilização em defesa dos acordos coletivos.

“A mudança na lei trabalhista nos jogou em um novo cenário. Agora, quando não há a renovação dos acordos coletivos o trabalhador perde esses direitos. A mobilização tem que ser forte, para que os metalúrgicos não fiquem desamparados”, afirmou.

Com o microfone aberto para as intervenções, Weller Gonçalves, presidente do Sindicato, lembrou a importância de discutir o assistencial destinado ao Sindicato. Para ele, em um momento em que o governo planeja novos ataques a classe trabalhadora, é fundamental fortalecer as ferramentas de defesa da categoria.

Já o ponto de conjuntura foi apresentado por Luiz Carlos Prates, o Mancha, da Secretaria Nacional da CSP-Conlutas. Mancha realizou uma análise dos oito primeiros meses do governo de Jair Bolsonaro (PSL) e o crescente desgaste político do presidente. Segundo Mancha, é mais do que necessário oferecer uma alternativa política aos trabalhadores.

“A conjuntura aponta para o crescimento do desgaste do governo e das centrais sindicais que se retiraram da luta. Por isso, o Congresso da CSP-Conlutas pode ser crucial para nos organizarmos e apresentarmos uma alternativa sindical que defenda os trabalhadores até o fim, sem negociatas com patrões ou governo. Uma alternativa socialista”, concluiu Mancha.

O Conselho ainda realizou uma homenagem ao trabalhador Benedito Serrat, da General Motors, que recentemente deixou a fábrica. Foi entregue uma placa ao metalúrgico e ex-cipeiro que durante mais de 25 anos esteve junto com o Sindicato nas principais lutas da categoria.

Assembleia Geral
Após o Conselho de Representantes, os metalúrgicos elegeram os dois novos diretores do Sindicato na Assembleia Geral. Cristiano Rodrigo Sousa Silva, trabalhador da Prolind, e Agemiro Fonseca dos Santos, da General Motors, vão fortalecer o time da diretoria nas lutas que virão no próximo período.

Eles ocuparão as vagas deixadas por Marcos Félix de Souza, da RFCOM, e Thiago Perez Santos, da GM, conforme prevê o estatuto da entidade.

“Os companheiros Cristiano e Agemiro são lutadores experientes que sempre estiveram ao lado dos trabalhadores. É um grande prazer contar com a presença destes ativistas na direção do Sindicato. Com eles nosso time ficará ainda mais forte para enfrentar os ataques do governo Bolsonaro”, afirma o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®