Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Perseguição 13/08/2019 | 16:09

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Trabalhadores da Prolind fazem ato contra demissão de ativista

Cristiano sempre teve uma atuação em defesa dos direitos dos trabalhadores

Os trabalhadores da Prolind fizeram uma manifestação, nesta terça-feira (13), em protesto contra a demissão do companheiro Cristiano, mesmo tendo sido eleito para a Cipa.

A demissão é irregular e confirma as perseguições que a empresa vem fazendo ao trabalhador. Cristiano foi o candidato à Cipa mais votado na eleição de 2018, mas a Prolind barrou a posse na Justiça.

A decisão em primeira instância foi favorável à fábrica, mas o Sindicato recorreu e defende que Cristiano seja mantido na Cipa até o fim do processo.

As perseguições contra o trabalhador não são de hoje. Desde 2017, Cristiano sofria com o autoritarismo da empresa durante sua atuação como integrante da Comissão de PLR e da Cipa.

Em 2018, a Prolind transferiu Cristiano para uma unidade menor da fábrica para inviabilizar sua candidatura à reeleição da Cipa. A manobra da empresa transformou-se em uma batalha judicial.

“A demissão de Cristiano é arbitrária e tem de ser repudiada. O companheiro foi eleito de forma legítima para a Cipa e tem o direito de assumir. O Sindicato já está tomando todas as medidas jurídicas contra esse abuso”, afirma o diretor Emerson de Lima, o Binho.

A atuação de Cristiano para organizar os trabalhadores na fábrica é considerada fundamental pelo Sindicato. Em dez anos de fábrica, ele foi eleito seis vezes para Cipa e quatro vezes para a comissão de PLR.

O presidente do Sindicato, Weller Gonçalves, relata: “em 2016 tínhamos apenas 25 sócios nesta fábrica. Em apenas três meses de ativismo do Cristiano chegamos a 125 sócios”. A única greve na Prolind, ocorrida em 2016, foi organizada principalmente pelo companheiro.

A categoria metalúrgica tem de repudiar a demissão de Cristiano e exigir a sua reintegração imediata.

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®