Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Previdência 11/07/2019 | 11:09

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Contra trabalhadores, Câmara aprova reforma em primeiro turno

Nesta sexta-feira, vai ser dia de luta em defesa da aposentadoria

A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, na noite dessa quarta-feira (10), o texto principal da reforma da Previdência. Foram 379 votos a favor e 131 contra. Eram necessários pelo menos 308 votos para aprovação.

O texto ainda pode ser modificado. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, marcou para esta quinta-feira a votação de destaques (propostas de mudanças) a serem apresentados pelos deputados.

Com a votação dos destaques concluída, o projeto segue para votação em segundo turno – o que pode acontecer ainda esta semana, antes de ir para o Senado.

A aprovação da reforma da Previdência é um severo ataque aos direitos dos trabalhadores. Com falsos discursos em defesa do Brasil, os deputados que votaram a favor condenaram milhares de brasileiros a trabalharem até morrer.

Entre os deputados que votaram a favor está o ex-prefeito de São José dos Campos Eduardo Cury (PSDB). Confira aqui como votou cada deputado e lembre-se disso na próxima eleição.

“Esses deputados traíram os trabalhadores ao dar seu voto a favor da reforma. Se a PEC for consumada em segundo turno e pelo Senado, o direito à aposentadoria será definitivamente sepultado. Mas não vamos jogar a toalha. Esta sexta-feira será mais um dia de luta contra a reforma. Vamos às ruas dizer não a esse crime que está prestes a ser cometido contra os trabalhadores”, afirma o secretário-geral do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

Dia de luta
A sexta-feira será um dia nacional da luta contra a reforma da Previdência. Haverá manifestações pelo país, com a realização de assembleias, coleta de abaixo-assinado contra a reforma e protestos nos estados.

Em São José dos Campos, haverá assembleias em fábricas e um ato, às 10h, na Praça Afonso Pena.

Compra de votos
Para afagar deputados e garantir a aprovação da reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) lá liberou mais de R$ 1 bilhão em emendas parlamentares. Com isso, Bolsonaro usa da velha prática do “toma lá dá cá” que tanto criticou durante sua campanha eleitoral.

 

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®