Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Detroit 19/01/2019 | 09:32

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Manifestantes protestam contra fechamento de fábricas da GM

Delegação do Sindicato e da CSP-Conlutas também levaram suas bandeiras

Manifestantes de diferentes países realizaram, nesta sexta-feira (18), protestos contra o fechamento de fábricas da General Motors. As manifestações aconteceram no tradicional Salão Internacional do Automóvel de Detroit.

A GM anunciou em novembro uma forte reestruturação global com o fechamento de fábricas em quatro locais nos Estados Unidos, uma no Canadá e outras em locais ainda não divulgados. Isto significa milhares de demissões e perda de postos de trabalho.

Ao mesmo tempo, a empresa anunciou um lucro recorde de mais de 2,5 bilhões de dólares no último trimestre de 2018. Também durante anos recebeu recursos de diferentes governos, chegando inclusive a ser resgatada nos EUA com dinheiro do contribuinte. Agora quer fechar fábricas e demitir trabalhadores.

Desde o final do ano passado estamos realizando uma campanha contra essa reestruturação. Em outros países, como Canadá, os trabalhadores chegaram a entrar em greve. É preciso a unificação das lutas contra estas medidas da empresa. As novas tecnologias, a necessidade de eletrificação e energia limpa não podem significar o desemprego de milhares de trabalhadores. Seria uma tragédia social para regiões inteiras.

Chamamos a Prefeitura, vereadores, governos do estado e federal a assumirem suas responsabilidades na defesa dos empregos. Afinal, foram anos de concessões milionárias para a General Motors.

Esta semana, em Detroit, as empresas automobilísticas realizam o tradicional Salão do Automóvel e dizem estar preparando o futuro! Mas este futuro que as montadoras querem significa insegurança e desemprego para os trabalhadores.

Por isto, várias organizações realizaram, no evento, uma grande manifestação em defesa do emprego e de energia limpa para impedir a gradativa destruição do planeta.

Uma delegação dos metalúrgicos de São José dos Campos e da CSP-Conlutas participou desta manifestação e defende a unificação da luta dos trabalhadores contra o fechamento de qualquer planta.

Exigimos estabilidade no emprego e a redução da jornada de trabalho para que todos possam trabalhar. Só a mobilização dos trabalhadores e da comunidade pode barrar os planos da GM. Nenhuma planta fechada! A situação exige lutas imediatas em todos os lugares!

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®