Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Jornada intermitente 14/11/2017 | 11:28

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Com reforma, comércio oferece salário de R$ 4,45 por hora trabalhada

Essa modalidade de contratação permite que o funcionário ganhe apenas pelo tempo em serviço

O comércio já procura interessados em trabalhar em jornada intermitente, uma das maiores aberrações da reforma trabalhista que entrou em vigor no sábado (11).

Essa modalidade de contratação permite que o funcionário ganhe apenas pelo tempo trabalhado, desde que respeitado o salário mínimo por hora (R$ 4,26). A convocação do trabalhador ao serviço deve ser feita com três dias de antecedência.

Além disso, a lei prevê que, se o trabalhador não comparecer, deverá pagar ao patrão 50% de sua remuneração.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

R$ 4,45 por hora
O Grupo Sá Cavalcante, que detém restaurantes de fast-food no Espírito Santo, anunciou em outubro uma vaga por R$ 4,45 a hora, com jornada de cinco horas aos sábados e domingos. Em quatro semanas, pagaria até R$ 178 (19% do salário mínimo). O fato gerou uma chuva de críticas nas redes sociais contra o grupo.

"Orientamos os lojistas a ter cautela nessa modalidade por enquanto. Por outro lado, se todo o mundo ficar engessado e sem coragem, a reforma nunca vai acontecer", diz Valquíria Furlani, diretora jurídica do Sindilojas-SP.

No Reino Unido, 115 mil empregados do McDonald's trabalham em jornada intermitente. Em setembro, eles fizeram greve e a empresa se comprometeu e reavaliar esse tipo de contratação.

Greve geral
"Não é possível aceitar as condições que os patrões querem impor. É preciso que a classe trabalhadora se levante e exija a revogação dessa reforma trabalhista criminosa. É preciso que as centrais sindicais convoquem uma nova Greve Geral contra esse ataque e a reforma da Previdência, que o governo Temer ainda insiste em levar adiante", disse o diretor do Sindicato Weller Pereira.

Com informações da Folha de S. Paulo

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2017 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®