Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Balanço 26/07/2017 | 13:36

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Mesmo com crise, metalúrgicos fazem campanha de PLR vitoriosa

Agora é hora de os trabalhadores se prepararem para a Campanha Salarial

Apesar do atual cenário de crise no país, os metalúrgicos da região tiveram importantes conquistas na Campanha de PLR 2017. As tentativas dos patrões em rebaixar valores e impor metas abusivas não intimidaram a categoria, que foi à luta e saiu vitoriosa. Onde ainda não teve acordo fechado, os trabalhadores estão pressionando as empresas para que avancem nas negociações.

Este ano, a Campanha de PLR aconteceu em meio a grandes mobilizações contra o governo Temer. No combate às reformas trabalhista e da Previdência, os metalúrgicos se mantiveram firmes na defesa de direitos.

Com espírito de luta fortalecido, a categoria conseguiu chegar a diversos acordos de PLR iguais ou superiores aos do ano passado, como aconteceu na GM, TI Automotive, Heatcraft, JC Hitachi, Panasonic e Avibras. Na Chery, os metalúrgicos receberam a PLR pela primeira vez, como resultado de uma greve de 24h.

Essa mesma força a categoria vai levar para a Campanha Salarial 2017, que terá na pauta de reivindicações a ampliação de direitos - ao contrário do que prevê a reforma trabalhista.

“Este ano já realizamos importantes mobilizações, em que o foco principal foi a defesa dos direitos. Assim como os patrões tentaram reduzir nossa PLR, o governo vem nos atacando duramente com suas reformas. Por isso, fomos a Brasília, realizamos dias de paralisações e fizemos a Greve Geral. Mas a luta contra patrões e governo continua e vai ganhar ainda mais força na Campanha Salarial”, afirma o presidente do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

Mobilizações por PLR continuam
Nas fábricas da zona sul, os metalúrgicos de diversas fábricas estão se organizando para parar a qualquer momento caso os patrões não avancem nas negociações. É o caso, por exemplo, da Friuli, Forming Tubing, Winnstal, Mirage, Techal e RFCom. O Sindicato vai realizar assembleias em diversas outras fábricas na próxima semana.

“Essas empresas que enrolam para negociar estão brincando com fogo. Se a intransigência continuar, as máquinas vão parar. Os avisos de greve já estão sendo protocolados”, afirma o diretor do Sindicato José Dantas Sobrinho”

 

 

 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®