Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Fora todos eles! 24/08/2016 | 10:03

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Julgamento do impeachment de Dilma começa na quinta-feira

Afastamento definitivo ou não da presidente não mudará a situação do trabalhador, que continuará a ser atacado por Temer

Após nove meses de tramitação no Congresso Nacional, o julgamento final do impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff (PT), terá início nesta quinta-feira (25). 

O processo está previsto para se estender até terça-feira (30), quando deve acontecer a votação no Senado. Para aprovação, o impeachment precisa de 54 votos.

Se isso acontecer, Dilma será afastada definitivamente e ficará inelegível por oito anos a partir de 2019. Mas se for absolvida, reassume a Presidência imediatamente.

A petista é acusada de crime de responsabilidade e pela prática das chamadas pedaladas fiscais.

Nada muda para o trabalhador
Seja qual for o resultado, com Temer (PMDB) ou Dilma na Presidência, o trabalhador não deve nutrir qualquer esperança de melhora no país.

Muitos dos ataques de Michel Temer aos trabalhadores já haviam sido cogitados por Dilma. É o caso da reforma da Previdência e da perda de direitos trabalhistas.

“Tanto Dilma quanto Temer querem que os trabalhadores paguem pela crise. Mas não vamos aceitar. É hora de a classe trabalhadora se unir para defender seus empregos, salários e direitos”, analisa o presidente do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®