Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Preparando o ataque 19/02/2016 | 14:35

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Governo deve apresentar proposta de reforma da Previdência em 60 dias

Proposta deve ser elaborada com base em sete parâmetros apresentados em Fórum

O governo apresentou a empresários, centrais sindicais e representantes dos aposentados, na quarta-feira (17), os sete parâmetros que devem ser seguidos na elaboração da proposta da reforma da Previdência, que deve ser apresentada ao Congresso Nacional em 60 dias. As discussões ocorreram no Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdência Social, realizado em Brasília.

Dentre os parâmetros estão demografia e idade média das aposentadorias, financiamento da Previdência Social e diferença de regras entre homens e mulheres. Entre as propostas que correm nos bastidores estão a imposição da idade mínima para aposentadoria e a equiparação da idade entre homens e mulheres.

Representantes patronais presentes no Fórum aplaudiram a iniciativa do governo de mudar as regras da Previdência. E não é para menos. No dia 15, o economista-chefe do Itaú, Ilan Goldfajn, chegou a dizer que medidas como a criação da idade mínima para aposentadoria são urgentes e necessárias para a recuperação da economia do país. Aí está um vergonhoso exemplo de como patrões e governos atuam em conjunto para jogar a crise na conta do trabalhador.

Mesmo sem uma proposta de reforma fechada, as centrais sindicais presentes no Fórum, como a CUT, criticaram a iniciativa do governo. O que se espera agora é que, além de se posicionar contra a reforma, CUT, CTB, Força Sindical e demais centrais partam para a ação e mobilizem de fato os trabalhadores contra este ataque.
Nos próximos dois meses, a equipe que constitui o Fórum realizará reuniões semanais para elaborar a proposta da reforma que seguirá para o Congresso.

Mobilização
O Sindicato dos Metalúrgicos e a CSP-Conlutas são contra a reforma da Previdência que, certamente, virá para fazer com que o trabalhador trabalhe mais para ter direito à aposentadoria.

No dia 31 de março, haverá um ato na Avenida Paulista, em São Paulo, contra a reforma da Previdência e outros ataques impostos contra aposentados e pensionistas. A Admap (Associação Democrática dos Aposentados e Pensionistas do Vale do Paraíba) vai participar da manifestação e disponibilizará transporte para as pessoas de São José dos Campos e região.

Temas a serem debatidos no Fórum:
1. Demografia e idade média das aposentadorias
2. Financiamento da Previdência Social: receitas, renúncias e recuperação de créditos
3. Diferença de regras entre homens e mulheres
4. Pensões por morte
5. Previdência rural: financiamento e regras de acesso
6. Regimes Próprios de Previdência
7. Convergência dos sistemas previdenciários

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®