Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

PLR 2015 25/01/2016 | 10:23

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Sindicato e GM reúnem-se em audiência nesta segunda-feira

Estarão em pauta a greve iniciada dia dia e a segunda parcela da PLR 2015

O Sindicato e a General Motors reúnem-se, nesta segunda-feira (25), às 14h, em audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) – 15ª. Região, em Campinas. Estarão em pauta a greve iniciada no dia 18 e a segunda parcela da PLR 2015. Um grupo de trabalhadores vai acompanhar a audiência.

O pedido de dissídio foi protocolado pela montadora, que deu por encerradas as negociações sobre a PLR. A GM quer pagar R$ 5 mil e adiantar a primeira parcela do décimo terceiro salário. Os trabalhadores reivindicam R$ 6.405, pagamento dos dias parados e estabilidade no emprego.A próxima assembleia de trabalhadores acontece na terça-feira (26).

A GM é a única grande montadora com planta no país a buscar a redução da PLR dos trabalhadores. As outras mantiveram o valor de 2014 ou corrigiram pelo INPC. Em 2014, a empresa pagou R$ 13.000 de PLR. Em 2015, está tentando reduzir para R$ 10.000, justamente no momento em que os trabalhadores já estão sendo penalizados com a explosão da inflação no país.

É preciso ressaltar que essa postura não encontra respaldo na real situação financeira da empresa. A GM teve o carro mais vendido do país no ano de 2015, é a segunda maior em vendas e, principalmente, acaba de aumentar de US$ 5 bilhões para US$ 9 bilhões o repasse a seus acionistas. A fábrica de São José dos Campos tem um faturamento anual de cerca de R$ 6 bilhões (em 2015). Aqui se produz os carros mais caros da companhia no país, os modelos S10 e Trailblazer, que chegam a custar R$ 180 mil, além da produção de mais de 200 mil motores e 400 mil transmissões em 2015.

Mesmo tendo sido beneficiada, durante todo o governo Dilma, com uma longa sequência de incentivos fiscais, a GM fechou mais de 6 mil postos de trabalho no período de 2011 a 2015 em suas plantas de São Caetano, São José dos Campos e Gravataí.

Diante de todo esse cenário, reafirma-se a necessidade dos trabalhadores permanecerem em luta por uma PLR maior e por estabilidade no emprego.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®