Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Perseguição 05/01/2016 | 16:24

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

De forma arbitrária, GM suspende cipeiro e diretor sindical

Trabalhadores foram punidos após apontarem risco de acidente na produção da S10

O ano de 2016 começou e com ele os ataques da General Motors à organização dos trabalhadores. A direção da montadora aplicou nesta terça-feira (5) uma suspensão arbitrária de um dia ao dirigente sindical Célio Dias da Silva, o Celião. A mesma punição foi dada ao cipeiro Alexandre, o Xandão, em dezembro de 2015.

Durante a Sipat (Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho), em novembro do ano passado, foi constatado que o sensor de presença da linha de montagem da S10 estava desativado.

Devido ao alto risco de acidente, os representantes do Sindicato contactaram a supervisão do setor, que parou a linha de produção imediatamente para a realização da manutenção do dispositivo. Esse procedimento de segurança é de extrema importância para proteger os trabalhadores e evitar graves acidentes por prensamento.

No entanto, a GM parece não se preocupar com a saúde dos seus funcionários. Agora a empresa pune o diretor Celião e o cipeiro Xandão, acusando-os de interromper a produção.

“Nós repudiamos mais esse ataque à organização dos trabalhadores. Está claro que para a GM o lucro é mais importante do que a saúde do trabalhador. O Sindicato exige que a punição seja suspensa e tomará todas as medidas cabíveis para reverter esse quadro”, afirma Celião.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®