Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Terceirizada da LG 08/12/2015 | 10:56

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Trabalhadoras demitidas da Sun Tech iniciam luta contra calote

Justiça barra retirada de máquinas da fábrica para garantir pagamento dos direitos

Atualizado em 9/12/2015

As trabalhadoras da Sun Tech/LG iniciaram nesta terça-feira (8) uma grande luta contra o calote dos débitos trabalhistas planejado pela empresa, que ontem anunciou fechamento da fábrica, em São José dos Campos. Elas saíram em passeata e conseguiram na Justiça o arresto de bens da empresa. Na Blue Tech, também terceirizada da LG, a empresa anunciou 50 demissões.

As 320 metalúrgicas da Sun Tech estão sem receber salários e 13º, e o FGTS não é depositado há seis meses. A própria Sun Tech admitiu que não pretende pagar as trabalhadoras, mas o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos conseguiu uma liminar na Justiça do Trabalho impedindo que a empresa retire máquinas e equipamentos da fábrica. O objetivo é garantir recursos para o pagamento integral das rescisões e direitos trabalhistas.

Após assembleia realizada na porta da Sun Tech/LG, por volta das 9h as trabalhadoras saíram em passeata pelas ruas do bairro Santa Inês II e fecharam o viaduto por cerca de meia hora.

A manifestação de hoje dá início a uma grande mobilização das trabalhadoras em defesa dos seus direitos. Outros atos no centro da cidade e na fábrica da LG, em Taubaté, estão sendo planejados pelas companheiras da Sun Tech.

 Ao longo do mês, as trabalhadoras vão realizar outras atividades para cobrar da Sun Tech e da LG o pgamento dos direitos. 

"Depois de anos de serviços prestados, este é o presente de fim de ano que a empresa nos dá. Mas não vamos aceitar esta situação. Estamos unidas e vamos até o fim para fazer com a Sun Tech e a LG respeitem nossos direitos", afirma Luciene da Silva, diretora do Sindicato.

Blue Tech
Um dia depois de a Sun Tech ter comunicado sobre o fechamento da fábrica em São José dos Campos, a Blue Tech, em Caçapava, anunciou a demissão de 50 trabalhadoras. A fábrica possui 120 funcionárias e também produz exclusivamente para a LG.

O fechamento da Sun Tech e as demissões na Blue Tech são consequência da crise política e econômica que afeta o Brasil.

Em Taubaté, os trabalhadores da LG estão em greve desde o dia 4, em protesto contra as 453 demissões realizadas pela empresa. No primeiro semestre a LG já havia demitido outros 285 trabalhadores. Nos últimos anos, a empresa foi amplamente beneficiada pela política de incentivos fiscais do governo.

"Somos solidarios à luta dos companheiros e companheiras de Taubaté e defendemos que é preciso unir todas as mobilizações do país em defesa dos trabalhadores. Precisamos exigir do governo Dilma uma lei que garanta estabilidade nos empregos", afirma o presidente do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

"A perda dos empregos será desastrosa para a vida das trabalhadoras da Sun Tech, a maioria mães e chefes de família. O governo precisa tomar medidas em nossa defesa. Não pode ser que, ao menor sinal de queda nos lucros, as empresas simplesmente fechem postos de trabalho", completa Aline Bernardo, diretora do Sindicato e trabalhadora da Sun Tech.

Fotos: Roosevelt Cássio

 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®