Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Participação nos Lucros e Resultados 28/05/2015 | 13:26

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Negociações por PLR prosseguem nas fábricas da região

Metalúrgicos buscam valores maiores e sem atrelamento a metas

Os metalúrgicos da região continuam firmes na luta pela PLR 2015. A ideia é buscar valores maiores e sem atrelamento a metas. Nas empresas que insistirem na política de "enrolação", a chapa vai esquentar, com paralisações e greves!

Nesta quarta-feira, dia 27, aconteceu a primeira rodada de negociação na GM, sem nenhuma proposta para levar aos trabalhadores. Uma nova rodada foi agendada para segunda-feira, dia 1º de junho.

Já os trabalhadores da Heatcraft decidiram entrar em estado de greve após sair da terceira rodada de negociação sem avanços. A empresa, de São José, insiste no valor pago no ano passado, mas os operários não aceitam.

Em Caçapava, os metalúrgicos da MWL também estão prontos para parar a produção caso a empresa não apresente uma proposta decente na reunião que foi agendada para quarta-feira, dia 3.

Já as companheiras da Sun Tech, de São José, também estão travando uma batalha difícil. A empresa quer pagar muito pouco e empacou nas negociações.

Jacareí
A comissão de PLR da Avibras sentou para a primeira rodada de negociação nesta quarta-feira, dia 27. No entanto, a proposta foi tão provocativa que foi rejeitada na própria mesa, segundo informou o diretor sindical Sérgio Machado.

A Schrader também ofendeu os trabalhadores ao propor PLR de R$ 1.000. Obviamente, os companheiros rejeitaram e já se mobilizam para garantir pelo menos R$ 4.500. No ano passado, a Schrader insistiu em pagar PLR de R$ 1.500, mas os trabalhadores pararam a produção levando o impasse à Justiça do Trabalho, que obrigou a empresa a pagar R$ 3.000. Por isso, é importante resistir e não aceitar essas propostas indecentes.

Na Deca, a luta vai além da Campanha de PLR 2015. Em assembleia, os companheiros da fábrica decidiram recorrer à Justiça para receber a PLR de 2012, 2013 e 2014, já que não reconhecem os valores pagos como participação nos lucros pela empresa. O Sindicato também exige a eleição de uma nova comissão de PLR 2015, pois o atual grupo vai contra os interesses dos trabalhadores.

Na Wirex Cable, em Santa Branca, a reunião agendada para esta quarta-feira, dia 20, foi cancelada e outra rodada de negociações será agendada. Mas uma coisa é certa, os trabalhadores não vão aceitar a proposta da empresa, que oferece apenas R$ 100 a mais que a PLR paga no ano passado

Acordos
Em outras fábricas, os trabalhadores fecharam acordo, como a TI Automotive (R$ 9 mil), a Latapack Ball (de 2 a 2,4 salários), M.S.A (até R$ 3.470) e Martifer (até R$ 2.800).

Em muitas empresas o Sindicato ainda aguarda a abertura de negociação.

 

Foto: Roosevelt Cassio

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®