Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Conselho de Representantes 14/03/2015 | 14:20

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Ativistas discutem ataques do governo e comemoram 59 anos do Sindicato

Metalúrgicos também fizeram um balanço das eleições da entidade

Na primeira reunião do Conselho de Representantes do ano, realizada na manhã deste sábado, dia 13, os ativistas discutiram sobre o momento político e econômico do país e fizeram um balanço das eleições para a nova diretoria do Sindicato. Mais de 60 metalúrgicos participaram da reunião.

A crise econômica e o aumento nas tarifas de água, luz e ônibus foram citados várias vezes pelos ativistas, que ressaltaram ainda a chegada da crise nas fábricas da região.

Renato Bento Luiz, o Renatão, dirigente da CSP-Conlutas, afirmou que a crise econômica existe desde 2008 e foi se aprofundando ao longo dos anos. “A solução para crise não é o corte de direitos que a Dilma tenta nos empurrar, com as MPs 664 e 665 e a lei da terceirização, e sim a organização dos trabalhadores. Essa crise não é nossa, por isso não temos que pagar por ela. Temos que ir às ruas sim para fazer uma greve geral, só assim barraremos os ataques”, declarou.

Seguindo a orientação da CSP Conlutas, os ativistas discutiram a não participação nos atos do dia 13, chamados pela Central Única dos Trabalhadores para defender o governo, e nos atos do dia 15, convocados por setores da direita.

“Não defendemos o governo Dilma, mas não achamos que a solução é o impeachment. Não há nessa política saída que beneficie a classe trabalhadora: sairia Dilma para entrar seu vice, Michel Temer, do PMDB, um bandido muito pior de um partido envolvido até o pescoço com a corrupção e a defesa dos privilegiados deste país. O Congresso Nacional está envolvido em corrupção. A única saída é a organização e luta dos trabalhadores”, afirmou Renatão.

Eleição do Sindicato
Os metalúrgicos foram às urnas e elegeram a nova diretoria que vai estar a frente do Sindicato nos próximo três anos. Com 75%, a Chapa 1, da CSP Conlutas, conquistou a maior vitória dos últimos 20 anos no Sindicato.

O presidente do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, dedicou a vitória nas eleições sindicais aos cipeiros e ativistas presentes na reunião.

“A categoria escolheu um projeto combativo e de luta para o Sindicato. Agora, temos grandes desafios pela frente, queremos muito mais que Campanha Salarial e PLR vitoriosas. Queremos construir uma alternativa de luta da classe trabalhadora”, afirmou.

Os diretores que não estarão na próxima gestão, foram homenageados e aplaudidos pelos ativistas pelos anos dedicados à entidade e à luta dos trabalhadores. A posse da nova diretoria será realizada no dia 9 de maio.

Minuto de silêncio
Durante a reunião, os ativistas lembraram a morte da companheira Neide Maria de Siqueira, trabalhadora terceirizada da Wirex Cable. Neide morreu nesta quarta-feira, dia 11, dentro da fábrica, por falta de atendimento adequado após ter sofrido um enfarte. Em homenagem à companheira, os trabalhadores fizeram um minuto de silêncio.

59 anos do Sindicato
Os metalúrgicos também comemoraram o aniversário de 59 anos do Sindicato, criado como Associação Profissional dos Metalúrgicos de São José, Jacareí, Caçapava e Santa Branca no dia 14 de março de 1956 e convertendo-se em uma alternativa de luta para os trabalhadores durante toda sua existência.

Os ativistas ressaltaram a importância do Sindicato na região e no país, e comemoraram o aniversário da entidade cantando “Parabéns a você”. Em seguida, dividiram um bolo que trazia os dizeres: 59 anos de lutas e conquistas.

O cipeiro da Embraer e diretor eleito, Eder de Andrade, o Edão, fez um poema em homenagem ao aniversário do Sindicato:

“Feliz aniversário Sindmetal
Forjado na luta
Nutrindo nosso ideal
Quando o patrão vê nosso exército
Começa a passar mal!
Obrigado Sindmetal
Por todos esses anos de vida
Trazendo esperança aos operários
E medo para burguesia
Diretores, cipeiros, Delegados Sindicais
Todos estamos na luta
Com os mesmos ideiais
O Sindicato somos todos nós
Nossa força e nossa voz
Nutrindo vitória
E preparando a queda do nosso algós
Parabéns e que sua vida seja longa
Sindicato dos Metalúrgicos, nossa casa e nossa honra!”

 

 Foto: Claúdio Vieira


Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2018 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®