Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Emprego 12/07/2011 | 12:54

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Sindicato protocola pedido de reunião com o prefeito Cury

Queremos que a Prefeitura cobre da Panasonic explicações sobre férias coletivas

O Sindicato pediu agendamento de reunião, em caráter de urgência, com o prefeito Eduardo Cury para discussão sobre a situação da Panasonic. A empresa anunciou férias coletivas para os trabalhadores da produção, entre 20 de julho e 3 de agosto. O pedido de reunião com o prefeito foi protocolado nesta terça-feira, dia 12.

Na manhã de hoje, o Sindicato também realizaou assembleia com os trabalhadores, que demonstraram bastante preocupação sobre a possibilidade de fechamento da unidade. Os metalúrgicos aprovaram estado de greve e deram 48 horas para que a empresa se reúna com o Sindicato.

O Sindicato já havia pedido esclarecimentos à diretoria da Panasonic, mas até agora a empresa não deu qualquer resposta.

Embora a empresa afirme que este é um procedimento padrão, o Sindicato está atento para os rumores de que a Panasonic pretende transferir a unidade daqui para Extrema, em Minas Gerais.

A empresa colocou em férias toda a produção dos setores de Pilhas, mas a Manutenção continua funcionando. Apesar de todo ano a empresa conceder férias coletivas a seus funcionários, elas nunca ocorrem nos meses de julho e agosto.

Com relação à Prefeitura, o Sindicato exige que Eduardo Cury intervenha junto à Panasonic para garantir a permanência da fábrica em São José dos Campos. Há pouco mais de três meses, o presidente do Sindicato, Vivaldo Moreira, já havia se reunido com Cury e fez a mesma reivindicação. Entretanto, até agora, o prefeito não se manifestou.

“A Prefeitura não pode ficar omissa diante da perda de empregos na cidade e fechamento de empresas”, disse o diretor do Sindicato José Donizetti de Almeida.

“Os rumores de fechamento têm sido constantes. Estaremos atentos a qualquer tentativa de retirada de maquinário ou desrespeito aos direitos dos trabalhadores”, afirma o diretor.

Somente este ano, quatro indústrias metalúrgicas já realizaram demissão em massa em São José: Avibras, com 170 demissões, Everel, 120, Foco, com 70, e Amphenol, com mais 70.

Hoje a Panasonic possui 950 trabalhadores diretos e indiretos.

 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®