Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Chegou a hora de entrar em campo 10/06/2014 | 10:27

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Metalúrgico, participe do ato nesta quinta-feira em São Paulo

Sindicatos e movimentos sociais preparam manifestação na abertura da Copa

Na manhã do dia 12, vai acontecer uma grande manifestação em São Paulo, com a participação de trabalhadores das mais diversas categorias, integrantes de movimentos populares, estudantes, aposentados e quem mais estiver insatisfeito com os gastos da Copa e o descaso com o povo brasileiro.

O Sindicato vai oferecer transporte gratuito para quem quiser ir a São Paulo participar da manifestação. Os interessados em participar devem se inscrever até quarta-feira, dia 11, pelos telefones 3946-5311 ou 3946-5308. É a chance de levantarmos nossa voz por saúde, educação, moradia, transporte, emprego e salário.

Enquanto a seleção entra em campo, do lado de fora dos estádios, o Brasil continua com graves problemas sociais, serviços públicos de péssima qualidade e repressão a quem busca seus direitos. Por isso mesmo, não vamos abrir mão de protestar.

Durante todo o período da Copa do Mundo, manifestações deverão acontecer nas cidades-sede.

E o nosso Sindicato não poderia ficar de fora. Vamos levar nossas bandeiras e lutar por direitos.

Mobilizações se espalham pelo país
Antes mesmo da Copa, as greves e manifestações populares já estão se espalhando pelo Brasil.

Trabalhadores de diferentes categorias estão mobilizados e prontos para enfrentar a repressão dos patrões e dos governos. Confira algumas delas.

Eletricitários da Companhia Hidrelétrica do São Francisco: entraram em greve nessa segunda-feira, dia 9, por PLR.

Trabalhadores do IBGE: em greve desde 26 de maio. Reivindicam a saída da presidente e de todos os membros do Conselho Diretor do instituto.

Professores e servidores da USP: as paralisações começaram dia 27 de maio em alguns setores, mas estão crescendo a cada dia. Eles pedem reajuste salarial, melhores condições de trabalho, contratação imediata de médicos para o Hospital Universitário, mais verbas para a educação, entre outros.

Professores da Unicamp e Unesp: protestam contra a proposta de zero de reajuste salarial.

Servidores da Saúde do Rio Grande do Norte: em greve desde 15 de abril por reajuste das gratificações, garantia de segurança nas unidades e abertura de concurso público.

Servidores federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica: estão parados há quase dois meses. Na pauta de reivindicações, estão incluídas mudanças na política salarial, isonomia de benefícios, entre outros.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®