Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Por 40h semanais! 11/12/2013 | 15:46

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Discussão sobre jornada na Embraer será levada a Brasília

Sindicato, Embraer e Superintendência do Trabalho reuniram-se nesta quarta-feira

As discussões sobre a necessidade de redução da jornada de trabalho na Embraer serão levadas ao ministro Manoel Dias, em reunião a ser agendada pela Superintendência Regional do Trabalho do Estado de São Paulo. O assunto foi debatido nesta quarta-feira, dia 11, entre o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, a Embraer e o superintendente do Trabalho, Luiz Antonio de Medeiros, em São Paulo.

O encontro com o ministro do Trabalho deve acontecer entre janeiro e fevereiro. Segundo Medeiros, a importância do assunto pede que o próprio Manoel Dias intervenha na discussão. Durante a reunião de hoje, o Sindicato voltou a insistir na viabilidade de se reduzir a atual jornada de 43h para 40h semanais, como já acontece em outras grandes fabricantes de aviões fora do Brasil.

O superintendente Luiz Antonio de Medeiros defendeu a redução da jornada, visto que a empresa tem condições financeiras para adotar as 40h semanais.
Estudos do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) indicam que a redução da jornada teria baixo impacto financeiro para a Embraer, representando um gasto adicional de apenas 5,8% sobre a folha de pagamento. A medida iria gerar a abertura de 1.199 postos de trabalho na fábrica.

O Sindicato também argumentou que a Embraer recebe benefícios do governo federal por meio de incentivos fiscais, como a desoneração da folha de pagamento, financiamentos via BNDES e o contrato para o fornecimento do avião cargueiro KC-390 à Força Aérea Brasileira. Os investimentos neste último projeto devem chegar a R$ 3 bilhões até 2016. Apesar do grande volume de dinheiro investido pelo governo, a Embraer firmou parcerias com empresas localizadas fora do país, como Estados Unidos e Portugal, para o desenvolvimento de parte da produção do KC-390.

Mesmo assim, a Embraer continua se recusando a acatar a reivindicação dos trabalhadores, já aprovada em assembleias.

“Consideramos que a reunião de hoje foi bastante positiva, já que o superintendente mostrou-se claramente favorável a uma jornada menor. Ao levarmos a discussão para o ministro do Trabalho, em Brasília, vamos pressionar o governo federal para que cobre da Embraer uma mudança de postura em favor dos trabalhadores e de toda a nossa região”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Herbert Claros.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®