Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Campo de Libra 16/10/2013 | 10:44

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

17 de outubro é dia de protestar contra o leilão do pré-sal

Governo pretende entregar o Campo de Libra por 0,5% de seu valor real

Nesta quinta-feira, 17, é dia do Brasil protestar contra o leilão do Campo de Libra, uma reserva de 12 bilhões de barris de petróleo pré-sal que será entregue a preço de banana para grupos estrangeiros. Pra se ter uma ideia, o valor de venda previsto representa apenas 0,5% do seu valor real.

Apesar de estar avaliado em R$ 3 trilhões, o governo federal está disposto a entregar o campo por apenas R$ 15 bilhões, em leilão marcado para a próxima segunda-feira, dia 21. Temendo os protestos que devem acontecer, a presidente Dilma já sinalizou de que não vai comparecer ao leilão.

Além das manifestações de rua, os petroleiros estão se organizando para realizar uma greve unificada no dia 17, convocada pela Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), que tem o apoio da CSP-Conlutas, e da Federação Única dos Petroleiros, filiada à CUT. Movimentos sindicais e populares também realizarão manifestações contra o leilão.

Nosso Sindicato também está nessa luta. Será disponibilizado transporte gratuito para trabalhadores e ativistas que queiram ir a São Paulo participar do ato marcado para o dia 17, no centro da cidade. Os interessados devem se inscrever pelo telefone (12) 3946-5311, até as 13h da quarta-feira, dia 16. Participe e ajude a impedir esse crime contra os recursos naturais do país!

Na Revap, em São José dos Campos, haverá uma manifestação dos trabalhadores que vai engrossar as paralisações que devem pipocar pelo país ao longo do dia.

Somente em 2013, o governo Dilma já leiloou mais áreas de petróleo do que todo o governo FHC, apesar de ter sido eleita com discurso contra a privatização.

“A luta contra a privatização do petróleo tem de ser de todos. Esse é um patrimônio público que não pode simplesmente ser entregue ao capital estrangeiro. Por isso, os metalúrgicos estão juntos nessa campanha”, afirma o diretor do Sindicato Renato Junio de Almeida.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®