Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

O petróleo tem que ser nosso 15/10/2013 | 11:10

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

17 de outubro é dia de mobilização nacional contra o leilão de Libra

Campanha contra privatização do Campo de Libra deve se intensificar até o dia 21, quando ocorre o leilão

A campanha “O petróleo tem que ser nosso”, contra a privatização do campo de Libra, continua e deve se intensificar na medida em que se aproxima o dia 21 de outubro, data prevista para a realização do leilão.

Nesta quinta-feira, 17, a Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), CSP-Conlutas e entidades dos movimentos sindical e popular vão realizar um dia nacional de mobilização.

Pressionada, a FUP (Federação Única dos Petroleiros), filiada à CUT, também decidiu participar da luta contra o leilão. Com essa iniciativa há um indicativo de greve nacional unificada dos petroleiros, no dia 17.

Essa é mais uma etapa da luta para barrar a entrega do pré-sal às grandes petrolíferas estrangeiras.

Por que somos contra o leilão
O campo de Libra tem uma reserva estimada em até 12 bilhões de barris de petróleo, que representam R$ 3 trilhões. Apesar disso, Dilma espera arrecadar apenas R$ 15 bilhões no leilão.

Ao entregar o controle do petróleo para empresas estrangeiras, o Brasil entrega o seu futuro.

Com a privatização de uma riqueza como o pré-sal, nunca será possível garantir educação e saúde decentes para o povo.

Somente em 2013, o governo Dilma já leiloou mais áreas de petróleo do que todo o governo FHC, apesar de ter sido eleita com discurso contra a privatização.

“Precisamos unificar e intensificar as mobilizações para barrar a entrega de nossa soberania aos estrangeiros”, afirma o diretor do Sindicato Elias Osses.


Essa luta também é dos metalúrgicos
Na contagem regressiva para o leilão do petróleo, ninguém pode ficar de fora dessa luta. Por isso, em nossa região já estamos nos preparando para engrossar os protestos do dia 17.

Ativistas vão se reunir na porta da Revap para dizer não ao leilão. Na mesma data ocorrerão atos em diversas capitais do país. Em São Paulo, será realizado um ato no centro da cidade. O Sindicato vai disponibilizar condução para quem quiser participar.

Os interessados devem se inscrever pelo telefone (12) 3946-5311, até as 13h da quarta-feira, dia 16. Participe e ajude a impedir esse crime contra os recursos naturais do país!

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®