Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Acordos aprovados 16/06/2011 | 12:05

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

PLR é aprovada em mais cinco fábricas da zona sul

No entanto, na Friuli e Lomavir propostas foram rejeitadas e mobilização continua

Em assembléias realizadas na tarde de ontem (dia 15) e na manhã de hoje (dia 16), trabalhadores de cinco fábricas da zona sul aprovaram as propostas de PLR, conquistadas após forte mobilização.

Na tarde desta quarta-feira, os metalúrgicos da Aysis aprovaram a PLR de R$ 1.500, sendo uma parcela fixa de R$ 1.100, a ser paga em junho, mais R$ 400 atrelados a metas, a ser paga em fevereiro de 2012. Em assembleia, os trabalhadores da Ferdimat também aprovaram a PLR de R$ 2.000, sendo uma parcela fixa de R$ 1.700 para julho, mais R$ 300 condicionado a metas para fevereiro do ano que vem.

Já no dia de hoje, na Dresser, os trabalhadores aprovaram, por unanimidade, a proposta de R$ 2.500, sendo R$ 1.500 a ser paga em julho mais uma parcela fixa de R$ 500 e outra parcela de R$ 500 condicionada à metas, para o final de janeiro. O valor representa um aumento de 100% em relação ao ano passado.

Além disso, os trabalhadores da Dresser também conquistaram a redução da jornada de trabalho de 44 para 42 horas semanais, sem redução de salários, e convênio médico gratuito. Outros pontos da pauta ainda estão em negociação entre Sindicato e empresa.

Os trabalhadores da Prolind também bateram o martelo e aprovaram o valor de R$ 2.400 para a PLR deste ano, sendo R$ 2.100 para julho e R$ 300 para fevereiro.

Na Brunitubo também foi aprovada a proposta de PLR de R$ 850 (R$ 450 para agosto e R$ 400 para fevereiro).

 

Em outras empresas, impasse continua

Os trabalhadores da Friuli fizeram hoje uma paralisação de advertência que durou pouco mais de uma hora, na entrada do 1º turno.

O protesto ocorreu após os trabalhadores rejeitarem a proposta da empresa de pagar R$ 900 de PLR, em duas parcelas (julho e janeiro), valor muito abaixo da reivindicação dos funcionários, que querem R$ 2.100.

Na Lomavir, a proposta da empresa de pagar R$ 900 em duas parcelas também foi rejeitada em assembleia. A reivindicação é R$ 1.500, sendo R$ 1.000 para julho e R$ 500 para fevereiro.

Reunião
O Sindicato se reúne hoje com a Assecre (Associação dos Empresários das Chácaras Reunidas), a partir das 14h, para mais uma rodada de negociação.

A Assecre representa 45 empresas da zona sul. A grande maioria ainda não fechou acordo de PLR.

“Vamos endurecer nas negociações para que os empresários aumentem as propostas rebaixadas que vem sendo apresentadas. Por isso, é importante que os trabalhadores, na base, mantenham a mobilização e o estado de atenção, para pressionar os patrões”, disse o diretor José Donizetti de Almeida.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®