Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Lucro em alta 21/08/2013 | 13:45

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Montadoras investem no exterior dinheiro que economizam com redução do IPI

Multinacionais enviaram R$ 8 bilhões ao exterior, mesmo valor que governo deixou de arrecadar com redução do imposto

A indústria automobilística instalada no Brasil aumentou a produção e as vendas no país nos últimos anos, mas, em proporção bem maior, tem elevado os investimentos no exterior. Os dados são do Banco Central (BC).

Desde 2009, o setor automotivo brasileiro investiu 3,4 bilhões de dólares no exterior, o que representa uma média de 64 milhões de dólares por mês saindo do país. Anos antes, de 2006 a 2008, essa média era de apenas 12 milhões de dólares. Trata-se de um aumento de 429%.

Esses são os valores que as empresas transferiram a outros países na forma de investimento estrangeiro direto. Não se referem às remessas de lucro, que por si só são muito significativas, mas a gastos direcionados diretamente para a produção.

Mas, enquanto o investimento das empresas brasileiras lá fora subiu 429%, o investimento das estrangeiras no país avançou apenas 114%, no mesmo tipo de comparação.

A produção e a geração de empregos no setor também subiram bem menos, 20% e 22%, respectivamente. Esse número poderia ser bem maior, se as montadoras investissem aqui o lucro que têm no país.

Corte de IPI
Coincidentemente, os 3,4 bilhões de dólares investidos lá fora, quando convertidos para reais de hoje, são R$ 8 bilhões, valor muito próximo dos R$ 8,2 bilhões que a Receita Federal estima ter deixado de arrecadar com os sucessivos cortes do IPI (Imposto sobre Produto Industrializado), desde 2009 até junho deste ano.

“Esses dados reforçam o que o Sindicato está denunciando faz tempo. As montadoras estão usando a redução do IPI para aumentar seus lucros e investir em outros países. O governo Dilma precisa tomar providências e exigir que montadoras invistam este dinheiro aqui, para evitar demissões, como as que a GM está planejando, e gerar empregos”, afirma o diretor do Sindicato Célio Dias da Silva.

Com informações do Blog Achados Econômicos, da UOL

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®