Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Vitória 19/08/2013 | 16:57

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Após luta, Consórcio Nova da Dutra recua de multa a dirigente da CSP-Conlutas

Empresa cobrava indenização de R$ 50 milhões por fechamento de rodovia

O Consórcio Nova Dutra, que administra a Rodovia Presidente Dutra, anunciou na última quinta-feira, dia 15, que recua da decisão de cobrar uma multa absurda de R$ 50 milhões em ação contra o dirigente da CSP-Conlutas, Joaquim Aristeu Benedito da Silva, o Boca. 

O Consócio estava processando Joaquim por uma ocupação da Rodovia, em 2001. Na época, ele integrava o Fórum Regional Contra o Pedágio em Jacareí, uma frente composta por movimentos sociais e entidades sindicais que mobilizou a população contra a instalação de um pedágio na altura da cidade.

O ato na Rodovia aconteceu, apesar de a Nova Dutra ter conseguido na Justiça uma liminar que impediao a manifestação.
O Consócio, então, entrou com nova ação, cobrando R$ 2 milhões como indenização pelos 90 minutos de fechamento da Rodovia. Como o valor não foi pago, acumulou uma multa diária de R$ 10 mil e já ultrapassa a cifra de R$ 50 milhões.

Campanha contra a criminalização
O recuo do Consórcio acontece após uma campanha contra a criminalização de Joaquim dos movimentos sociais. O Fórum contra o pedágio realizou uma luta justa, em defesa do direito de mobilidade urbana, atacado pelo Consórcio Nova Dutra e pelo governo paulista, responsável pela privatização da rodovia.

“Agradeço a todas e todos que foram solidários a essa situação e em especial à CSP-Conlutas e suas entidades e movimentos filiados que foram fundamentais na campanha de pressão sobre a Nova Dutra,  participando das denúncias contra esse roubo chamado pedágio”, afirma Joaquim, ressaltando o empenho do advogado da CSP Conlutas, Aristeu Neto, e do deputado estadual Marco Aurélio (PT), que interviu junto à direção da Nova Dutra. “Essa é uma importante vitória, mas a nossa luta vai continuar! Pedágio é roubo!”, concluiu.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®