Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

General Motors 03/06/2013 | 12:02

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Artigo: Investimentos, empregos e direitos

Leia artigo do presidente do Sindicato, publicado no jornal O Vale, de 31 de maio

As negociações entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a General Motors estão chegando a seu desfecho. Em breve, a cidade deve conhecer o resultado de um mês de discussões em torno de propostas que levem a GM a investir R$ 2,5 bilhões na fábrica de São José dos Campos.

O Sindicato tem feito todos os esforços para apresentar alternativas que garantiriam, além do investimento, a manutenção dos empregos, salários e direitos. Afinal, os investimentos só fazem sentido se for pra gerar trabalho. Mas a GM continua com seus planos de demissões. Prova disso é que um dos pontos mais duros das negociações refere-se à estabilidade. De um lado, o Sindicato quer garantir que nenhum trabalhador seja demitido. Do outro, a GM quer produzir cada vez mais, com menos trabalhadores, salários menores e menos direitos. Essa é a política de exploração adotada pela GM em todo o mundo.

A proposta apresentada pela montadora mostra isso. Veja um exemplo do que ela apresentou na mesa de negociação: um piso salarial de R$ 1.560 que somente em 2028 chegaria a R$ 2.500. Isto significa que não apenas os trabalhadores da montadora seriam penalizados com salários rebaixados. Afetaria até mesmo o comércio e rede de serviços da cidade. Seria como um estímulo para que os donos de qualquer outra empresa também pensassem em rebaixar os salários de seus funcionários, do pequeno comércio à construção civil.

Entretanto, esses planos de ataques aos trabalhadores não são novos. No ano passado, a GM já havia anunciado que pretendia fechar o MVA e, depois, o próprio complexo da montadora em São José dos Campos.

O que seria uma tragédia social para a cidade só não se concretizou porque os trabalhadores lutaram bravamente e, em janeiro, o Sindicato chegou a um acordo que impediu parte das demissões, garantiu investimentos de R$ 600 milhões e determinou que, em caso de a montadora trazer uma nova linha de produção ao Brasil, São José teria prioridade. E é exatamente essa nova linha que está agora em discussão.

Durante todo período de negociação, iniciado em abril, a empresa tem se mostrado incoerente: enquanto anuncia que deseja investir na fábrica da cidade, segue com a intenção de cortar mão de obra, rebaixar salários e reduzir direitos.

É importante destacar que em janeiro o Sindicato já foi obrigado a reduzir o piso salarial de R$ 3.001 para R$ 1.800.

Por tudo isso, o Sindicato reafirma sua defesa dos investimentos na planta, mas não aceita ameaça ao emprego, aos direitos e aos salários. Mesmo porque a empresa já demitiu, em apenas um ano, mais de 900 pais e mães de família.

A montadora não tem motivos para realizar essas demissões. A empresa vive um bom momento financeiro e ainda recebe generosa ajuda dos governos federal, estadual e municipal. Na última quinta-feira, a Prefeitura e o Governo do Estado anunciaram um pacote de benefícios para a GM, incluindo a construção de um distrito industrial com toda infraestrutura paga com recursos públicos. A multinacional também vai desfrutar de isenção de IPTU e ISS – dinheiro que deveria ser usado em melhorias na saúde, educação e moradia. Mas não será. Ao contrário, vai ficar nos cofres da montadora.

E mesmo assim, Prefeitura e Estado sequer exigiram que a GM garanta estabilidade a seus funcionários.

Chega da GM desrespeitar os direitos dos trabalhadores e de se beneficiar das riquezas da nossa cidade. O Sindicato já fez sua parte, apresentando propostas viáveis. Agora só depende da GM.
 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®